Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

29
Mar16

Os meus textos grandes

Não gosto muito de misturar o mundo real com o virtual, por isso evito falar do que aqui escrevo ou estabelecer comparações. É por isso raríssimo perguntar a alguém se leu determinado texto do meu blog - mas em alguns casos, principalmente com pessoais mais próximas, normalmente com textos ou temas que lhes dizem respeito, por vezes pergunto se leram esta ou aquela publicação. E a resposta é muitas vezes (neste e noutros casos): "ainda não li, é muito grande, não tive tempo". E aquele "é muito grande" fica ali no meu ouvido, a remoer e a remoer até eventualmente me passar a neura que esta afirmação acaba por me provocar. Porque eu fico fula quando me dizem que tenho textos grandes.

Eu escrevo. "Escrevo". Num blog; escrevo textos, escrevo opiniões, escrevo críticas, escrevo pensamentos. Eu não "tweeto", eu não faço estados no facebook, eu não faço vídeos e vlogs, não comunico através de fotos - eu escrevo. E a única forma de escrever... é escrevendo. Há que fundamentar, contextualizar e argumentar: e, para o bem e para o mal, isso exige que as palavras rolem sobre a tela, porque não há outra forma de fazer com que as coisas se expliquem. 

Eu sei que vivemos na era dos tweets que não ultrapassam os 140 caracteres; no tempo dos soundbites, dos estados do facebook onde a brevidade das palavras é quase obrigatória caso queiramos que alguém leia o que escrevemos. Vivemos no tempo dos pitchs de três minutos e das infografias (porque preferimos ver imagens, como os meninos pequeninos, do que ler o que quer que seja e perceber as coisas a fundo). Vivemos no tempo dos vídeos de 15 segundos do instagram e nas micro-receitas deliciosas em páginas giras do facebook. Vivemos no tempo em que os insights nos dizem que as imagens e os vídeos resultam melhor do que textos ou atualização de estados - e por isso prolongamos isto, esta desconcentração e falta de interesse crescente em tudo o que é mais profundo. O superficial é bom. O superficial basta.

Mas eu, como escrevo, contrario isso. A superfície não me chega - assim como não me chegam os estados no facebook, os vídeos, as imagens, os pitchs ou as infografias. Eu quero a superfície e a profundidade; quero ler, pensar e escrever. E, claro, gostava que o fizessem comigo - mas aceito o facto de o meu público ser cada vez mais pequeno: porque não há paciência, não há tempo e, acima de tudo, não há vontade. Os meus textos são grandes.

Desculpem se acho que ainda há ideias e pensamentos que não se transmitem apenas com um tweet.

26 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking