Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

30
Jul19

O momento em que os sonhos passam a ser planos

Anda há uns tempos uma imagem do Facebook a perseguir-me que diz qualquer coisa como "um sonho escrito passa a ser um plano". Não posso dizer que seja uma surpresa. Mas não deixa de ser curioso que ela me apareça repetidamente, uma vez que já há algum tempo que escrevo os meus sonhos, com a plena consciência de que se tornam bem mais reais quando deixam de existir somente na minha cabeça e passam a passar para a realidade, nem que seja num qualquer suporte físico.

Desde que comecei a trabalhar nas fábricas que me faço sempre acompanhar do que chamei o meu caderno de trabalho, com todo o tipo de auxiliares de memória e apontamentos que me podem ser úteis, tanto amanhã como daqui a um ano. É lá que aponto tudo, onde quer que seja, às horas que der. As boas ideias surgem da mais pequena coisa, as conversas técnicas aparecem a meio de um jantar de família, a lembrança de algo importante a fazer não tem hora marcada para apontar. É lá que os meus sonhos ganham forma e passam a ser projetos.

Não me posso queixar de falta de ideias. Ainda há dias, entediada numa aula, fiz todo um plano de negócio numa página A4 - com os custos, as margens e todas essas ferramentas que um ano de curso tinha inevitavelmente que me dar. Não sei se o negócio vai para a frente - não é um sonho que tenha, ao contrário de outros projetos que já idealizo há muito mais tempo - mas foi diverti-lo pô-lo em teoria em pouco mais de uma hora. As minhas insónias recorrentes alimentam-se disso, da minha vontade de fazer mais, de ter uma coisa minha, diferente; de deixar o meu cunho num qualquer gap que esteja em falta no mercado. Uma amiga minha, quando me viu de férias, disse: "já não estou habituada a ver-te no dolce far niente, de certeza que vens do Algarve com um negócio montado". E passa um pouco por aí: o corpo pára, mas a mente está em constante movimento. Sou fisicamente sedentária, mas se o meu cérebro tivesse músculos tenho a certeza que seria super fit. Como disse no outro dia, acabei há dias uma maratona: mas não resisto em começar outra nova em breve.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking