Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

28
Nov14

O meu palhaço

Não é muito comum expor os meus familiares - excluindo os meus sobrinhos - aqui no blog, a não ser para contar algumas histórias ou peripécias que acho que valham a pena partilhar. 

Mas acho que hoje é um bom dia para abrir uma excepção e vos mostrar uma parte de mim - que, curiosamente, é das pessoas de quem aqui mais falo, principalmente nesta altura do Natal, onde as saudades apertam. É o meu irmão emigrante.

Talvez a forma mais fácil de o descrever, e tendo em conta que eu sou a única coisa que vos liga a ele, seja: ele é o oposto de mim. Somos mesmo muito, muito diferentes. Não só no físico (para além do óbvio), onde não temos quase semelhanças nenhumas, mas principalmente na mente. Somos diferentes como a água é do vinho, e embora ele às vezes me irrite solenemente, nunca deixará de ser uma das pessoas que mais amo no mundo. O amor também passa por aceitar as diferenças, as incoerências, as coisas que achamos parvas, desnecessárias e irresponsáveis - e ele está cheio disso tudo, mas com o tempo aprendi a anuir. Às vezes a não ligar. Outras a perceber o ponto de vista mas simplesmente a discordar.

Mas não era disso que vinha falar, tendo em conta que teremos muito tempo para isso à medida que o Natal se aproxima e as saudades (e a tristeza de não o ter cá) vão aumentando. O que queria partilhar é a história do palhaço mais bonito que conheci - e logo eu que não gosto muito de palhaços e quase fujo deles na rua, porque parece que os atraio de alguma forma.

Lembro-me de ir ao seu quarto e ver o fato pendurado no armário, impecavelmente esticado. Lembro-me de achar estranho um fato preto, essa cor que nada ligamos à alegria que (supostamente) tanto caracteríza os especialistas do riso. Lembro-me de o ver maquilhado e de saber que aquela imagem marcaria a minha vida. Não me enganei.

Os anos passaram, ele envelheceu. Mas o fato continua lá, a maquilhagem é a mesma. E ele continua a ser o palhaço mais bonito e feliz que alguma vez conheci. É o meu.

10749971_889502944402069_1666410010669392128_o.jpg

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking