Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

28
Abr14

Nervos em franja

Planeio, em Setembro, ir de férias com os meus amigos para o Algarve. Temos andando a tratar disso, a escolher casas, a mandar emails a saber preços e mimimimi, para não ficarmos no Porto em consequência de não tratarmos das cosias de forma atempada. Depois de muita confusão (eu já disse que odeio estas coisas? - é sempre uma dor de cabeça para decidir o que quer que seja) lá conseguimos escolher duas casas, embora estivéssemos mais interessados naquela que está mais próxima da praia. Enviamos emails e esperamos.

O dono de uma delas - a que menos queríamos - foi impecável e prestável; a outra nem tanto: perguntou as idades, não tinha bem a data que queríamos. Mas quando lhe respondemos sobre as idades a resposta foi imediatamente não. E, a cereja no topo do bolo, tratou-me por "tu". Aiiiiiii, segurem-me. Eu percebo que as pessoas tenham medo que nós façamos uma rave lá em casa, que aquilo seja uma futura casa do Meco para a existência de praxes, que a casa fique a cheirar a álcool por todos os cantos. Eu percebo. Mas também percebo que há muito boa gente aos 30 anos que é mais porca que eu e os meus amigos todos juntos, que há muito boa gente aos 30 e mais anos que aluga casas para guardar objetos de furto ou para derreter ouro (e isto é verdade, conheço quem tenha sofrido do sucedido). Ou seja: há sempre um risco em alugar uma casa - é pôr o que é nosso nas mãos nos outros. Mas enfim, apesar de me irritar imenso (porque, basicamente, estou a pagar pelos erros dos outros e pela fama da juventude de hoje), não tenho outra hipótese senão aceitar.

Mas tratar-me por tu? Só porque sabe que tenho menos de 20 anos? Mas, quer dizer, eu ainda há pouco era uma cliente tratada com pompa e circunstância (com "exma"'s e "senhora"'s misturados lá pelo meio) e agora trata-me como se fosse a vizinha do lado que até nem gosta muito? Ufffff, fico feliz por não lhe passar dinheiro nenhum na conta. E desejo que a casa, no tempo que eu queria ir para lá, fique vazia que só ela. Ou se calhar ainda mais tempo que isso. Que raio.

4 comentários

Comentar post

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking