Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

06
Out14

Em busca da francesinha perfeita 6#

Francesinha 6#: no Bonanza.

Embora já tenha descoberto boas francesinhas pelo caminho, continuo a engordar em prol desta investigação pelas mais conhecidas e conceituadas francesinhas da cidade do Porto. Desta vez calhou de ir ao Bonanza, um dos restaurantes mais antigos a fazer francesinhas, situado na Avenida Fernão Magalhães (perto do Estádio do Dragão) e que sobrevive graças a uma ideia genial: mandar francesinhas para casa (embora também tenha restaurante, onde fui).

O espaço do restaurante é muito antiquado, com pouca luz, azulejos envelhecidos - mas consegue ver-se diretamente para cozinha e a nossa francesinha a ser feita, mesmo debaixo do nosso nariz. Os empregados são à antiga, mas sempre simpáticos e atenciosos. Quanto ao preço, um dos melhores que já encontrei: 7,50 euros, com batata frita incluída.

A francesinha em si era muito boa, com a pequena desvantagem de ser - para mim - bastante picante. O pão era tostado, o bife bem fininho e super tenro, as salsinhas também bem cozinhadas e uma camada generosa de fiambre, o que fazia com que o total de carnes fosse grande - o que, para quem gosta, é muito bom (é o meu caso). O molho é mais acervejado e adocicada e nada forte, mas o picante acaba por sobressair. 

No fim, ao contrário das outras vezes, não sobrou nenhum pedaço de bife ou salsicha para contar a história - normalmente as salsichas frescas ficam sempre, que não gosto do seu sabor intenso e apimentado. É, por isso, um bom sinal. Acho que apesar do passar dos anos, o Bonanza continua a ter uma das melhores francesinhas da cidade. No meu top 3.

 

 
A carregar

Na rota das mais típicas francesinhas do Porto. Desta vez no Bonanza.

Ver no Instagram

6 comentários

Comentar post

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking