Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

28
Dez15

Chávena de Letras - "A Rapariga Apanhada na Teia de Aranha"

 Uff, como se costuma dizer: este foi um parto difícil! Juntaram-se um conjunto de fatores que fizeram com que demorasse mais de dois meses a ler este livro: 1) a clara falta de tempo típica desta altura do ano, 2) a dificuldade que leitura que é, para mim, característica nestes livros (embora não de uma forma habitual, como vou explicar abaixo) e 3) a pouca vontade de ler, consequência da segunda razão que apresentei.

É importante dizer que David Lagercrantz imitou, de forma exímia, a escrita do autor desta (antiga) trilogia. E isso é bom e é mau. É bom porque continuamos no mesmo registo e quem é fã, como eu, sente que não saiu de casa. Mas, por outro lado, tem (quase) tudo o que de mau tinha a escrita de Stieg Larson - e digo "quase" porque, neste livro, fomos poupados a grandes descrições entediantes e complexas como havia nos livros anteriores. Ainda assim, continuam a existir muitas personagens - muitas delas claramente dispensáveis - e a forma como são introduzidas na história é deveras confusa; isto sempre foi algo que me perturbou a leitura nas outras obras e esta não foi excepção, sempre com a agravante dos nomes serem estranhíssimos e difíceis de lembrar.
O que me fez ler este livro e compra-lo mal saiu foram as saudades que tinha da força de Lisbeth Salander - mas, para meu desapontamento, sinto que tivemos muito pouco dela neste livro. Tem muito Blomkvist, muito contexto para que tudo no fim faça sentido, mas dela - a personagem, para mim, mais importante e que dá vida ao livro - houve sempre muito pouco. Só na segunda metade é que começa a surgir e, mesmo assim, de forma demasiado subtil para o meu gosto.
Por fim, acho que houve também uma coerência com os outros livros no que diz respeito à velocidade da ação: sempre muito incoerente. Umas vezes muito lento, outras vezes muito rápido. E - isto é uma constante - sempre demasiado rápido no final, onde sinto sempre que não sou capaz de absorver tudo e acompanhar os acontecimentos, tendo a ideia de que faltaram peças do puzzle por encaixar.
Não sei se é propositado ou não, mas o autor deixou sem dúvida espaço para que mais livros fossem escritos, deixando claro que ainda há muita água para correr debaixo da ponte que é a vida de Lisbeth Salander. Se assim for, não sei se vou continuar a acompanhar as suas aventuras.
Este não é um grande livro mas já deu, ao menos, para matar algumas das saudades que eu tinha de uma das minhas personagens preferidas de sempre.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking