Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

02
Out15

A irracionalidade do futebol que não quero explicar

Na terça-feira fui ao estádio ver o meu Porto jogar contra o Chealsea. Ah!, e as saudades que eu tinha de ir a um estádio de futebol e vibrar com aquilo tudo! A última vez que entrei no Dragão foi em Julho do ano passado e foi num jogo de celebração do Deco - ou seja, foi giro mas não houve adrenalina à mistura.
Eu sei que muita gente não percebe esta panca do futebol, que tem mil e uma coisas a criticar (muitas que eu subscrevo), mas é de facto, para mim, um mundo maravilhoso. Representa provavelmente o único campo onde eu deixo a racionalidade de lado e simplesmente... sinto. Ainda há uns dias estive numa espécie de discussão em que tentei explicar que não gostava nem do Mourinho nem do Ronaldo - com as minhas razões, claramente mais emocionais do que racionais, mas que não deixam de ser as minhas. É algo que eu não quero ter de explicar ou discutir - é algo tão meu, tão estúpido, tão irracional como adorar o FCPorto desde o fundindo do meu coração desde que me lembro de existir. Sinto tudo - com muita intensidade - e isso basta-me. Já faço questão de me explicar, debater e argumentar em tudo o resto, por isso deixo que o futebol seja o meu espaço de irracionalidade pura, de ódios de estimação e de paixões assolapadas.
Ir ao estádio é a consumação de tudo isto - só não vou mais vezes porque não tenho companhia, senão até o lugar anual comprava e fazia questão de lá estar praticamente todas as semanas. Neste jogo consegui arrastar o meu pai, mas é caso raro - ele é mais adepto de sofá, sem as correntes de ar do estádio e os palavrões dos adeptos que saem em cada direção. Porque ir ao estádio é mesmo sentir aquela energia da multidão, gritar quando os outros gritam e cantar quando os outros cantam - mesmo que não saibamos a razão para o protesto ou a letra da canção. É, literalmente, o "go with the flow". Porque para se ver futebol a sério mais vale ficar em casa - vê-se dos vários ângulos, com repetições, com linhas imaginárias para o fora de jogo; e não há gente mais alta do que nós e que nos impede de ver para a frente, pessoas a mandar-nos o fumo do tabaco diretamente para a cara ou a gritar impropérios praticamente aos nossos ouvidos. Ir ao estádio é sentir a união e a força de milhares de pessoas todas diferentes mas que querem uma coisa em comum: a vitória do clube que amam.
E quando essa vitória é frente a um treinador de quem não gostamos particularmente e que é dito como o melhor do mundo... tudo sabe infinitamente melhor. Ai, ai... como eu fui feliz na terça-feira =)

 

12079240_10205044083638898_4393922211756958465_n.j

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking