Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

02
Out15

A irracionalidade do futebol que não quero explicar

Na terça-feira fui ao estádio ver o meu Porto jogar contra o Chealsea. Ah!, e as saudades que eu tinha de ir a um estádio de futebol e vibrar com aquilo tudo! A última vez que entrei no Dragão foi em Julho do ano passado e foi num jogo de celebração do Deco - ou seja, foi giro mas não houve adrenalina à mistura.
Eu sei que muita gente não percebe esta panca do futebol, que tem mil e uma coisas a criticar (muitas que eu subscrevo), mas é de facto, para mim, um mundo maravilhoso. Representa provavelmente o único campo onde eu deixo a racionalidade de lado e simplesmente... sinto. Ainda há uns dias estive numa espécie de discussão em que tentei explicar que não gostava nem do Mourinho nem do Ronaldo - com as minhas razões, claramente mais emocionais do que racionais, mas que não deixam de ser as minhas. É algo que eu não quero ter de explicar ou discutir - é algo tão meu, tão estúpido, tão irracional como adorar o FCPorto desde o fundindo do meu coração desde que me lembro de existir. Sinto tudo - com muita intensidade - e isso basta-me. Já faço questão de me explicar, debater e argumentar em tudo o resto, por isso deixo que o futebol seja o meu espaço de irracionalidade pura, de ódios de estimação e de paixões assolapadas.
Ir ao estádio é a consumação de tudo isto - só não vou mais vezes porque não tenho companhia, senão até o lugar anual comprava e fazia questão de lá estar praticamente todas as semanas. Neste jogo consegui arrastar o meu pai, mas é caso raro - ele é mais adepto de sofá, sem as correntes de ar do estádio e os palavrões dos adeptos que saem em cada direção. Porque ir ao estádio é mesmo sentir aquela energia da multidão, gritar quando os outros gritam e cantar quando os outros cantam - mesmo que não saibamos a razão para o protesto ou a letra da canção. É, literalmente, o "go with the flow". Porque para se ver futebol a sério mais vale ficar em casa - vê-se dos vários ângulos, com repetições, com linhas imaginárias para o fora de jogo; e não há gente mais alta do que nós e que nos impede de ver para a frente, pessoas a mandar-nos o fumo do tabaco diretamente para a cara ou a gritar impropérios praticamente aos nossos ouvidos. Ir ao estádio é sentir a união e a força de milhares de pessoas todas diferentes mas que querem uma coisa em comum: a vitória do clube que amam.
E quando essa vitória é frente a um treinador de quem não gostamos particularmente e que é dito como o melhor do mundo... tudo sabe infinitamente melhor. Ai, ai... como eu fui feliz na terça-feira =)

 

12079240_10205044083638898_4393922211756958465_n.j

3 comentários

Comentar post

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking