Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

26
Fev14

A mudança de strandarts na faculdade

Se sempre houve coisa que me tirou do sério foi dizerem-me, com todas as certezas do mundo, que eu ia mudar na faculdade. Ah e tal vais passar a beber e a gostar, vais passar a sair à noite todos os fins-de-semana, vais passar a querer tirar umas passas do cigarro ou do charro do teu amigo (engraçado como tudo isto é tido como um "upgrade" positivo, principalmente do ponto de vista da vida social e eu acho precisamente o contrário, mas enfim). E eu sempre disse que não, que eu não ia ter um qualquer ataque despoletado pela minha entrada na faculdade que me fizesse mudar radicalmente o meu comportamento a esse nível (embora já tivesse visto a acontecer). E não mudei - saio quando quero sair, continuo a não beber álcool a não ser em ocasiões especiais e a não tocar em qualquer tipo de cigarro. Mas houve algo em que mudei, propositadamente, para evitar "dores" posteriores.

Eu saí do secundário com uma média de 17 e pouco, o que implica que as minhas notas andassem sempre por esses valores - o que eu sempre considerei excelente. Mas para ter um 17 na faculdade (e em cadeiras teóricas, que normalmente são uma seca, principalmente para mim que odeio marrar) é preciso suar as estupinhas - diria mesmo, que em alguns casos é praticamente impossível. Como tal, e após explorar o campo e testar terreno, comecei a habituar-me à ideia de que o mar de rosas (em termos de notas) que eu tinha no secundário tinha mesmo acabado. Agora é fazer o melhor que se pode, o que se consegue e o que se quer (porque eu não estou para me matar a estudar, quero ter uma vida para além da universidade), mas deixar as grandes expectativas de lado. 

Um 10 continua a não ser bom ou suficiente para mim - mas admito que, dependendo de cadeira para cadeira, posso ficar satisfeita. Depende do conteúdo, do professor, do exame e da forma como ele me correu. Continuo com o bichinho de que não é bom, que não é uma nota para mim, e isso faz com que tente mais tarde subi-la; se tenho uma sensação de alívio com um 10, mais tarde já não acho isso assim tão fantástico e começo a querer mudar a coisa. Mas um 14, agora, já não é assim tão mau (principalmente quando, por exemplo, a nota máxima obtida foi um 15) e um 13 pode ser uma verdadeira vitória. Como é óbvio, perante um 18 que também obtive, sorri radiante; mas sei que agora já não é - nem pode ser - tudo feito desses números chorudos. Estou a habituar-me à ideia, dia após dia. E essa está a ser a minha maior mudança na faculdade.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking