Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

04
Fev15

A playlist da nossa vida

Eu sou capaz de ser a blogger mais nostálgica aqui do pedaço. Se calhar porque também sou a pessoa mais nostálgica de sempre (e antes de ser blogger sou uma pessoa, não é verdade?). Tudo serve para relembrar, principalmente aquilo que não devia. Basta ver roupas antigas para me lembrar de todo um rol infinito de coisas. Ou um par de fotografias. Ou um anel. Ou um livro onde deixei uma pétala a secar. Ou uma música.

Então música... uff! Já há muitos anos que sou músico-dependente. Acho que foi a minha irmã que me passou grande parte da minha paixão pela música, quando punha no nosso rádio os Manu Chao e eu dançava como uma louca em cima da cama (sim, nesta altura eu ainda dançava). Ou quando ainda percebia mais de computadores do que eu (ah ah ah) e me gravava num CD as minhas músicas preferidas para eu poder ouvir enquanto brincava ou tomava banho. Manu Chao, Shakira, Eminem, Nelly, Pussycat Dolls. Enfim, a lista seria enorme. E continua até hoje, porque não há um único dia da minha vida que passe sem ouvir música - quer seja no carro, no telemóvel, no tablet ou - principalmente - no computador.

Mas bem: uma amiga deu-me ontem um site que nos compila, basicamente, a playlist da nossa vida. Mal sabia ela a caixinha de pandora que tinha aberto! Eu torno-me um autêntico monstro nostálgico quando me apresentam coisas destas. O site tem as músicas do nosso ano de nascimento e depois dos principais marcos da nossa vida, como a escola primária ou secundária (também dá para navegar pelos anos que estão nos "entretantos"). Estou há horas nisto, a matar saudades; às vezes com vontade de chorar e outras com uma vontade louca de rir. A internet tem destas coisas espetaculares.

Vejam aqui!

12
Dez14

Sugestões de prendas de Natal até 10 euros

Todos os anos faço uma seleção de presentes de Natal para que as pessoas possam dar algumas prendas, sempre dentro das suas economias possíveis. Há muita gente que define o seu limite de preço nos dez euros e, como tal, decidi dar exemplos de vários presentes até esse preço. 

Normalmente gosto de dar sugestões individualizadas, alguns "do it yourself", mas este ano está a ser completamente impossível devido à falta de tempo. Assim, deixo-vos um apanhado geral de coisas giras, coisas que também eu gostaria de receber, e que estão bem tanto para o irmã que tanto amamos até àqueles jantares de amigos secretos onde nunca sabemos o que havemos de dar.

Não minto: eu adoro receber e dar presentes e, acima de tudo, de ver uma árvore cheia de coisas e embrulhos. Tenho por hábito dar à minha família mais próxima um presente a cada um e, a cada um dos meus tios, um miminho feito por mim, como bolachas ou compota. Estamos em crise, a vida está cara, com com uma boa dose de boa vontade conseguimos encher a árvore com coisas boas e, se calhar, mais úteis do que as coisas que antes oferecíamos e onde gastávamos balúrdios. É uma questão de imaginação e vontade de fazer algo!

Sem mais delongas, espero que as minhas ideias sirvam para ajudar alguém desesperado a quinze dias do Natal!

 

prendasdezeuros1.jpgprendas3.jpg

 

 

09
Nov14

Ardósia abençoada

Enquanto estive na Régua falei neste post que, depois de ouvir a minha mãe queixar-se durante anos por ter de planear as refeições todos dias, finalmente a tinha percebido. Chega a um ponto em que é realmente um drama saber o que cozinhar e agradar a todos, e ter de faze-lo todos os dias torna-se cansativo. Pois que há um par de meses resolvemos essa situação e poupamos muitas dores de cabeça à cozinheira e planeadora cá de casa.

Como? Compramos uma daquelas ardósias que se colam nos móveis de cozinha e, no fim-de-semana, gastamos cinco minutinhos a planear as refeições. É uma mistura de respostas às perguntas "o quê que nos apetece comer?" e "há alguma coisa que precise de ser gasta por estar no frigorífico/congelador há muito tempo?". Acaba por ser muito mais rápido e facilita-nos imenso a vida, tanto a nível de preparação diária como de compras (assim, no fim-de-semana ou na segunda-feira, pode-se já fazer as compras para todas as refeições, em vez de ir a correr para o supermercado todos os dias).

Neste caso, quem diz uma ardósia autocolante diz também uma ardósia tradicional, um quadro a canetas como há nas escolas ou mesmo um papel colado no íman do frigorífico. Acreditem em mim: é prático, ajuda imenso e em alguns casos é até mesmo um giro objeto de decoração! Acabou com muitas dores de cabeça nesta casa!

 

(as nossas ardósias foram compradas no Lidl, mas recentemente vi há venda na Tiger - e baratas!)

 

IMG_20141102_114128.jpg

 

22
Out14

Outlander

De vez em quando lembro-me de vos perguntar que séries é que andam a ver, a ver se alguma pega aqui para os meus lados. Devem achar que sou uma chata, a perguntar sempre a mesma coisa, mas a verdade é que surgem coisas novas todos os dias (ou quase, vá) e gosto de ir sabendo opiniões. Muitas vezes não dá em nada, continua a ver as minhas (poucas) séries, mas outras - como agora - desenvolvem-se paixões. Daquelas a sério.

No último post que fiz do género uma amiga comentou e aconselhou-me a série "Outlander". É nova e só tem 8 episódios - mais só em Abril (que dooooor!). Conta a história de uma rapariga que, acidentalmente, viajou no tempo - dois séculos anteriores ao que ela vivia - e é obrigada a adaptar-se; pior, é obrigada a conviver (e viver) com os escoceses, sendo ela inglesa, numa altura em que os ingleses eram o maior alvo a abater. Para além deste enredo logo à partida interessante, há outros pontos positivos: temos escoceses giros, ingleses com um sotaque delicioso e, claro, um triângulo amoroso (ainda que num registo bem diferente do normal).

Eu estou rendida e a contar o tempo até Abril. Os episódios são um bocadinho mais longos que o normal e parecem mais pequenos filmes do que séries - e está tudo tão bem filmado que é delicioso de ver. E aquela música inicial? Tão boa. E a atriz principal? Enfim, não é preciso dizer mais nada, pois não? Vão mas é ver isso e em Abril cá estamos para mais.

 

Outlander-TV_series-2014.jpg

 

06
Jul14

Para quem não gosta de ficar "colante"

Sou muito esquisita com cremes. Durante o ano, os únicos cremes que uso e os cuidados que tenho com a pele são no rosto (tenho um post para fazer sobre isto há meio século, matem-me esta preguiça), e no verão - com sorte - ponho creme hidratante no corpo. Mas detesto aquela sensação de ficar "colante", de não poder vestir roupa logo a seguir - ainda por cima nós, que andamos sempre cheias de pressa! -, de ficar toda besuntada por tempo indeterminado.

Mas enfim, nesta estação do ano sacrifico-me por uma pele mais luminosa e bonitinha - sempre com cremes que me dão ao longo do ano. Nunca comprei cremes na vida, são-me sempre oferecidos: e, apesar não os usa muito, dão-me jeitão. Chego a esta altura e vou ali ao armário ver o que tenho em stock: mas este ano ninguém me ofereceu nada - devem ter percebido (mal) que eu não gosto de cremes (e que, portanto, não os usaria), e trocaram-nos por qualquer outra coisa. Posto isto, tive de me fazer ao mercado e ver o que poderia comprar.

Tinha visto há dias um anúncio de uns cremes hidratantes da vasenol, que prometiam hidratar a pele durante não sei quantas horas e que se podia vestir a roupa logo de seguida. Era mesmo isto que eu precisava! Comprei, ainda a duvidar e a pensar que era publicidade enganosa, mas não: seca mesmo rápido, hidrata e tem um cheirinho bem bom (pelo menos o de cacau)!

Fica a dica para quem, como eu, é anti cremes "besuntantes". A vasenol arranjou aqui uma fã (e, como sempre, partilho aquilo que é bom convosco).

 

 

02
Mai14

Porque os fatos de banho não são para velhas

Cada vez os biquínis ficam mais de parte para mim. Adoro cada vez mais triquinis, fatos de banho e, no mínimo, coisas diferentes e originais. E não, as marcas não me preocupam, assim como não me preocupa o facto de os rapazes gostarem de ver mais pele ao léu - porque eu visto-me para me agradar a mim própria e da forma como me sinto melhor. E já lá vai o tempo em que os fatos de banho eram para velhas e eram peças - quase que propositadamente - feias.

Tenho-me vindo a apaixonar por mil e umas coisas que vejo na internet - o pior é que a tendência é para os preços subirem, e eu admito que me custa bastante das quase (ou mais de) cem euros por um fato-de-banho ou biquíni. Nunca o fiz, nem sei se vou fazer - só assim num ato de loucura espectacular. Mas ando com eles sempre, sempre debaixo de olho, não vá algum baixar de preço. Aí, tau!, apanho-o e trago-o para casa (o que acontece muitas vezes no Inverno, a melhor altura para comprar este tipo de coisas - não está tempo para as usar, mas são os "restos" que sobraram e as marcas estão a tentar despachar).

Gosto particularmente de duas marcas portugueses (se conhecerem mais, partilhem!!!): a LATITID e a S4L. Da primeira já tenho um biquíni, que comprei com promoção e é lindo e diferente e que eu vou estrear no Algarve (partilharei depois fotos); da segunda, ando só a babar. Muito. Imenso. Enormemente. Porque estou perdida de amores e adorava ter um fato de banho daqueles. Enfim, resta-me sonhar e partilhar convosco estas pequenas maravilhas.

 

S4L:

 

 

LATITID:

 

 

 

27
Abr14

E guardar a bijutaria?

Eu adoro acessórios. Todas as mulheres têm uma pancada com qualquer coisa - ou os sapatos, ou as carteiras - e eu cá gosto de tudo o que são colares, anéis, brincos e coisas que tais. A parte boa é que gasto menos dinheiro - primeiro porque sou forreta, segundo porque não compro coisas valiosas e hoje em dia encontram-se peças muito em conta. As únicas peças que prefiro ter em prata são os anéis que uso diariamente - todos os outros, quando usados durante mais do que umas horas, acabam por manchar os dedos e perder a cor.

Mas bem, posto isto, temos um problema: como é que se guardam todos os colares, brincos, pulseiras, anéis e etc. sem que tudo fique estilo novelo e ocupe muito espaço?  Pois que eu, aqui há um ano atrás,  descobri a solução. Eu também era daquelas que sofria com o facto de ter de separar os colares que se entrelaçavam - e estragavam - de cada vez que os queria usar e, como o volume deles foi aumentando, a situação foi ficando insustentável. Encontrei na Groupon uma promoção em que vinham dois "fatos" - que se penduram em cruzetas - cheios de saquinhos e presilhas para guardar colares e todo esse tipo de bugigangas - e foi a minha salvação. Ponho lá tudo -até relógios e auriculares... a parte boa é que mesmo aqueles colares fininhos que normalmente se enrolam neles próprios e fazem nós que nunca conseguimos desfazer se conseguem colocar lá, quando pendurados. É uma pequena maravilha. Só os anéis é que ponho num sítio diferente - uma caixa com muitas divisórias que comprei na área. E voilà!

 

 

 

Se quiserem comprar os "fatos", o único sítio que conheço é no andar de baixo da loja "A vida portuguesa", na rua das Galerias de Paris (Porto).

23
Abr14

Naked and Afraid

Título sugestivo, hun? Se ainda não conhecem, eu apresento-vos: Naked and Afraid é um programa da da Discovery onde um casal de desconhecidos é deixado numa selva sem comida, água e... sem roupas. Têm de sobreviver durante 21 dias a tudo o que lhes apareça à frente - e arranjar água, comida e um sítio para "viverem" (ou sobreviveram, diria eu).

Já vi quem fosse para a Amazónia, para África... quem tivesse hienas a poucos metros ou aquelas cobras simpáticas que, com uma mordidela, se morre em poucos minutos. É incrível ver como as pessoas emagrecem de forma brutal, como comem o que quer que seja que lhes passe pela frente (normalmente comem insetos e só têm uma ou duas - com sorte - refeições de carne durante toda a jornada), ver as suas prioridades principais (é sempre a água, acima de tudo), a forma como se comportam com a nudez do outro e etc. Têm um dois membros de uma equipa a filma-los, mas que estão completamente proibidos de os ajudar a menos que estejam em perigo de vida.

É... impressionante. Eu é que não me metia numa destas!

 

16
Abr14

Danio

Se aqui há dois anos andava viciadíssima nos iogurtes gregos (e depois acabou por me passar) agora estou apaixonada pelos novos Danio da Danone. A minha mãe decidiu comprar para experimentar e foi amor à primeira colherada.

Basicamente é um iogurte com líquído de fruta no fundo, que depois se mistura e fica maravilhoso. É uma textura diferente do iogurte normal (é mais consistente, mais espesso) e o sabor também não é muito comum - no caso do de maracujá, por exemplo, há um travo agridoce que o torna para lá de espectacular (para quem gostar). Dos três sabores que já experimentei - morango, maracujá e mirtilo - os dois últimos são, para mim, os melhores - infelizmente não se vêem muitos nos supermercados, embora haja mais sabores: os que há também não existem em grande quantidade. A verdade é que enchem mesmo o suficiente para não nos apetecer mais nada a seguir!

Estou maravilhada.

 

 

(este post não tem qualquer tipo de patrocínio)

11
Abr14

Follow Friday 6#

Hoje a minha sugestão vai, de novo, para um blog diferente. Sem histórias do dia-a-dia ou muito paleio; são, sobretudo, imagens, de todos os tipos e feitios e sobre todos os assuntos. Ideias novas, coisas giras. E muito design lá pelo meio (e eu começo a aperceber-me que embora não tenha jeito nenhum para as artes, o design é algo de que gosto muito). 

Já sigo "O Blog Catita" há, seguramente, mais de um ano e é mais um dos que me inspira diariamente, sem nunca me cansar. Visitem aqui.

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking