Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

22
Mar14

Ainda sobre o meu aniversário

Antes de mais, queria agradecer a todos os que me desejaram os parabéns, tanto por aqui como via Facebook. Todos me desejaram felicidades e um dia feliz - funcionou, esqueceram-se foi de me desejar igualmente uma noite alegre e com "tudo de bom". Foi tudo de mau e vomitei como não me lembrava. Ponto de vista positivo: se eu tinha pensado, dias antes, que "ai meu deus lá se vai a minha dieta", depois de tudo aquilo já não foi um problema. Todos aqueles doces e porcarias não passaram do estômago e a menos que as calorias se tenham escapulido por lá, a minha dieta continua em vigor. Mas falando em coisas boas.

Foi um dia bom, calmo, com direito a muitas flores bonitas, a telefonemas e mensagens que deixaram saudades no ar, a algumas horas na cozinha (como não podia deixar de ser), miminhos e algumas prendas. A minha irmã deu-me um kit de maquilhagem (yessss, vou deixar de roubar coisas à minha mãe) que já utilizei várias vezes desde que me foi oferecido; o meu padrinho um lenço/cachecol; a minha mãe um macacão e umas sandálias (que vieram com antecedência mas não interessa nada); o meu sobrinho um desenho para lá de fofo; e o meu irmão - que, apesar de me ter dado uma prenda que estava na minha "lista", foi o que levou o prémio de mais original - deu-me um bilhete para o Optimus Alive!

 

O desenho mais querido do meu sobrinho:

 

As flores da minha mãe (frésias) - faltam outras tantas que adorei:

 

O macacão: 

 

 

E a prenda do meu irmão, toda feita numa impressora 3D em que ele se está a tornar pró e a fazer negócio. De entre três prendas que eu escolhi à partida, ele ia oferecer-me uma: eu só tinha de descobrir qual. Tinha três hipóteses: um bilhete para o Optimus Alive, uns Louboutins ou uma caneta personalizada tendo em conta que, na opinião dele, uma blogger que se preze deve ter uma caneta com o seu nome. Como é óbvio, fiquei com todas as pecinhas, mas a prenda mesmo é o bilhetinho para dia 10 de Julho estar a ouvir os Imagine Dragons. Resta saber com quem! =)

 

 

24
Fev14

Quem faz anos daqui a um mês, quem faz?

Como já todos devem saber, festejar o meu aniversário não é coisa de que gosto muito. Não gosto de fazer festas, nem dos problemas que com elas vêm atrelados (quem convido, quem não convido, "mas vou juntar aqueles dois?", onde farei a festa, cozinho?, deixo que os outros cozinhem por mim?), mas alguma coisa boa tem de se tirar daqui (para além da experiência de vida - ao menos, quando me atiram com o argumento de que ainda sou muito nova, já posso juntar mais um ano à breve contagem). Mas decidi explorar a minha veia materialista e fazer uma listinha (baratucha, como se pode ver) de possíveis prendas que me podem oferecer naquele ilustre dia, que normalmente acaba com o Inverno (essa estação horrorosa) e começa com a linda primavera. Inspirem-se!

Prendas de anos

20
Dez13

Habemus novo telemóvel!

Quem me segue nos instagam (quem não segue, pode seguir através do nome @carolinagongui) já sabe da boa nova (acalmem-se, não estou grávida). Mas, sem estar grávida, tenho um bebé novo! Um telemóvel!

Ano e meio depois de ter tido o meu Optimus Barcelona, mudei outra vez (é nestes momentos que me lembro do PhoneBlocks e o jeitinho que aquilo daria) - o pior defeito do telemóvel era a memória. Para verem o ridículo da situação, eu nestes últimos tempos só podia ter o Instagram, o Facebook e uma aplicação para tomar notas e, mesmo assim, a memória já estava cheia e o telemóvel já me crashava, as mensagens já não caíam e trinta por uma linha. E um smartphone que não dê para ter aplicações é um telemóvel normal - e eu queria poder ter mais do que três aplicações no meu telemóvel.

Pedi um para o Natal, andei a explorar possibilidades e dei de caras com o Wiko CinkPeax2, que acabei por trazer para casa. Sou agora uma pessoa mais completa (e com umas seis aplicações instaladas no telemóvel, owwwo!)!

 

06
Dez13

Natal: o que dar? 6#

Uma das minhas coisas favoritas: molduras. Sou suspeita, tendo em conta que tenho quase cinquenta fotos espalhadas pelo meu quarto, com todas as pessoas que me dizem alguma coisa: desde familía a amigos. Acho que é uma prenda super personalizável e que pode estar cheia de significado.

As molduras, aqui há uns anos, eram vendidas a preço de ouro. Hoje em dia ainda não são baratas mas já há algumas mais em conta e que não são nada, nada feias! Eu gosto particularmente daquelas que imitam aqueles espelhos dourados antigos, trabalhados à volta, em madeira, mas há coisas para todos os gostos: de grandes a pequenos, dos simplistas aos mais complexos, dos que têm uma fotografia aos que têm dezasseis. É uma questão de escolha e de gostos. Onde comprar? Baratinho, no "Espaço casa" (no norte há no MarShopping), onde há algumas coisas bem giras. Depois há também na "Area", n'"A Loja do Gato Preto", na "Ale-Hop" e noutras lojas de decoração. 

 

Dois dos muitos exemplos que estão no meu quarto, ambos da Ikea:

 

30
Nov13

Natal: o que dar? 5#

Agora para as meninas: neste caso, já é conveniente saber o que a pessoa em questão gosta. Se é de coisas coloridas, com padrões, simples, com cores neutras... enfim!

Descobri há uns dias a "Work at home", uma loja de coisas feitas à mão no facebook. Como sempre, fiquei encantada com algumas peças; eu adoro coisas originais, saber que ninguém tem igual. Encontrei uns porta-moedas bem jeitosinhos e muito giros, e há muitas opções à escolha, para todos os gostos. Deixo em baixo alguns dos meus favoritos. Custam 7 euros mais portes de envio.

 

 

30
Nov13

O que este ano podia estar debaixo da minha árvore

Aproveitando a onda natalícia por que hoje estou invadida - é dia de fazer a árvore de Natal, começar a ouvir Michael Bublé em repeat mode e a começar a embrulhar prendas estilo hobbie - e também a sugestão do "inspira-me" sapo, ficam algumas das 5 coisas que me poderiam cair debaixo da árvore de Natal, este ano:

 

1. Padfone da Asus

Esta foi a que de facto pedi. Ainda não tenho bem a certeza disto, mas sei que preciso de algo electrónico que ande comigo e que me sirva de algo. Temos um tablet comunitário aqui em casa, mas está cheio de tralhas dos miúdos e é instável: eles brincam com ele, instalam e desinstalam coisas e, como tal, não dá. Por outro lado, o meu telemóvel é uma desgraça: eu consigo ter umas três aplicações instaladas e é tudo: se por acaso quero experimentar outra, tenho de desinstalar uma das aplicações já instaladas. Mas levantei a opção de pedir só um tablet: ficava com o meu telemóvel mas andava sempre com aquilo, assim sempre que precisasse de correr coisas mais pesadas, ir à internet, ver e ter coisas da faculdade, podia ver lá; mas o meu irmão lembrou-se (e bem) que o telemóvel dele tem dois em um. É um telemóvel e um tablet e funcionam em conjunto, o que tem as suas vantagens - uma delas é eu não ter de ter internet no telefone e no tablet. Pelos vistos vai sair uma versão nova e a que existe teve uma redução boa no preço. Acho que vai ser mesmo isto. E descobri que na pixmania tem em branco! Yikes!

 

 

2. Livros!

Sempre bem-vindos!

 

(mais livros em que estou interessada sobre consulta, sorry!)

 

3. Este cremezinho da Jeanne Piaubert.

Comprei um aí há uns... três anos (vejam como eu uso cremes) e está mesmo a acabar. O pior é que ele me faz falta naqueles dias piores em que a minha pele decide ter algumas erupções espontâneas que me irritam solenemente. Mas eu não sou rapariga de comprar cremes, muito menos estes que custam uma pequena fortuna. Se o pai natal o puder trazer no saco, ficarei agradecida.

 

4. Cachecóis-mantas.

Agora vêem-se por aí em algumas lojas uns cachecóis/lenços que têm um aspeto muito quentinho e que têm uma textura de manta (pelo menos aquilo que eu associo a uma manta). Lenços e cachecóis normais, com padrões giros, também são bem vindos - de todas as cores e feitios e materiais - mas os estilo-manta são aqueles que mais procuro de momento.

 

Este é da Zara, mas não vi lá nenhum lenço assim (descobri este num look à parte, em que o objecto de venda era o casaco):

 

 

Este é da Parfois, onde há alguns giros:

 

5. Pijamas.

Embora eu o negue, eu tenho todo um conjunto de pijamas velhos e desbotados (que são os melhores, mas enfim, já estão feios e velhotes) e renovar o stock talvez não seja mau de todo. Só precisam de ser quentinhos e fofinhos. 

 

Oysho:

 

 

Woman Secret:

 

(como se pode ver, não sou esquisita: adoro desde os mais fofinhos até aos mais senhoris).

 

Mais sugestões: chocolates, postais, colares, anéis, mais ao menos tudo da Ale-Hop, mais ao menos tudo daquela nova loja do NorteShopping estilo Ale-Hop, cremes de corpo... 

Resumindo: sou uma pessoa bastante fácil a nível de prendas.

29
Nov13

Por ti, resistirei

A minha faculdade não tem reprografia, nem cantina, nem um singelo bar! Tem salas, casas de banho, gabinetes, uma mini-secretaria e ficamo-nos por aqui. Se querem fotocópias vão à faculdade de direito, se querem tomar café de jeito vou ao café do outro lado da praça, se querem tratar de algo mais importante têm de ir ao Campo Alegre, se querem almoçar vão à cantina de direito ou desenrascam-se em Cedofeita, se querem fumar ficam no meio da rua (e à chuva) porque a parte coberta no exterior tem menos de três metros quadrados e se querem conviver arranjem um sítio porque a sala de convívio não deve ter mais do que vinte cadeiras. Desenganem-se - como eu fiz - se acham que todas as faculdades são maiores do que as vossas escolas secundárias. Não são. E a minha escola secundária até tinha bar. E reprografia. E cantina. Ah! e até tinha alguns espaços cobertos, embora houvesse algumas fugas ali pelo meio. 

No entanto, e à falta de tanta coisa, há uma coisa que aquele sítio tem. Chama-se máquina automática e esta vende.... chocolates milka com oreo! Ai meus deus, maldito o dia em que eu descobri tal coisa! Verdade seja dita que eu pouco entro naquela sala de convívio para fazer o que quer que seja, mas desde que fiz este achado que há algo que me atrai para aquele mini-mini-mini polivalente. Já perdi a conta à quantidade de vezes em que, nas minhas divagações durante as aulas, pensei no quão bem me saberia um chocolatinho daqueles (então agora que estou em dieta é que me apetece!)

Mas eu fujo-lhes e vou ser uma resistente. Eu ouço-os a chamar, sinto-os a puxar por mim, vejo aquela máquina a olhar para mim com olhinhos de carneirinho mal morto e a pedir "gasta dinheiro em mim e eu dou-te o chocolate mais delicioso do mundo". Mas não. Eu vou resistir. Pelo menos até ao dia em que decretar o fim desta dieta. Por ela, resistirei (com muita dor, é certo).

 

 

P.S.: Pela altura do Natal a dieta já fará mais do que parte do passado. Sintam-se livres para me consolarem por estes tempos de dor e depressão que fazem parte de uma dieta.

21
Nov13

Natal: o que dar? 3#

Toda a gente tem uma mãe, um pai, um namorado, uma irmã ou um amigo que tem uma paixão pela cozinha. E mesmo que não tenha, para mal dessas pessoas, comer é necessidade do ser humano, pelo que temos mesmo de cozinhar. Eu acho adorável ver pessoas (então homens!) com um lindo avental. Hoje em dia há lojas que fazem aventais super giros e originais, muito inspirados em coisas portuguesas. Normalmente aquelas lojas de souvenirs das cidades também vendem disso, mas há tantas outras com  outras ideias bem originais. É das coisas que dá sempre jeito, mesmo que não seja habitual usarmos na nossas lides domésticas: vai sempre haver aquela altura em que estamos a fazer algo que nos possa sujar ou que vem alguém ajudar e está habituado a usar em sua casa. Um ou outro avental nunca é demais. Ficam duas sugestões, ambas do Ikea: 

 

(podem cliclar nas imagens para irem directos para o site)

 

 

 

19
Nov13

Natal: o que dar? 2#

Bom, esta não é propriamente uma sugestão concreta. É mais uma dica para irem estando atentos: posso-vos dizer até que já me foi útil!

O site showroomprive.pt tem imensa coisa, todos os dias, com ótimas promoções. Algumas mais caras, outras mais baratas; outras claramente fracas, outras nem tanto. Há desde roupas, passando por têxteis para a casa e decoração. Existem lá coisas relativamente baratas, úteis e engraçadas, que podem ser oferecidas a qualquer pessoa: muitas vezes, corre-se o risco de dar-mos um padrão que não gostamos, uma peça de roupa que o indivíduo não usa. Ali, há inúmeras soluções. É preciso é estar atento e pegar logo nas coisas melhores, porque essas voam em três tempos. As promoções têm sempre um limite, que pode ser de dias até uma ou duas semanas. Tudo depende. É irem passando. Ficam algumas ideias - todas unissexo, todas giras, todas abaixo dos 15 euros:

 

(podem clicar nas imagens para irem directos para a página)

 

 

 

 

 

 

15
Nov13

Natal: o que dar? 1#

Chamem-me materialista à vontade: o Natal, acima de tudo, é união, é família, é quentinho, é conversa e uma série de gargalhadas como barulho de fundo. Mas também são prendas. E não é pelas prendas, é mesmo por ver aquele montinho debaixo da árvore, pela expectativa do que vai ser, por muito pequeno e barato que seja. Uma lembrança, mais ao menos útil, é sempre uma lembrança. Por muito pequena que seja, eu vou olhar para ela e lembrar-me de quem a deu. Por isso é que, mesmo nesta altura difícil, insisto em dar sugestões de prendas. Por pequenas e baratas que sejam: para que, dentro das possibilidades, possam dar um presente a alguém que gostam para que possam contribuir para a expectativa e para o volume debaixo da árvore. Podem ainda ver as do ano passado, que também não passaram de moda, aqui.

 

Aqui vai a primeira, então:

 

Eu sei que não sou a única pessoa sofrer de frio crónico neste mundo. Sei que há pessoas como eu que são tipo cebolas e que andam com três camisolas de cada vez, dois pares de meias, leggins por debaixo das calças e coisas que tais; mas à noite "é que a porca torce o rabo". Por muito quentinho que seja o nosso pijama, por muitas mantas que tenhamos, sabe sempre bem ter ali uma fonte de calor pertinho de nós. E eu falo por mim, que comprei há dias a prenda que vos estou prestes a sugerir: agora durmo sempre, sempre agarradinha à minha almofada de sementes. A culpa é de uma amiga lisboeta que, um dia em que fiquei lá, me pôs uma dessas maravilhas nos pés e eu fiquei rendida para a vida. É quentinho e, apesar de não manter tanto o calor como a água, é mais fofinho e podem dormir agarrados à almofada (que vem com uma "fronha" de pelo) que ela nunca arrefece devido ao vosso próprio calor. 

Apesar de eu já ter uma, sintam-se livres de me oferecer outra, que eu por mim tinha todas as porções do meu corpo cobertas por estes mini-aquecedores. De 5 a 12 euros, na Ale-Hop.

 

 

9 euros
5 euros
12 euros

12 euros

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking