Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

22
Set12

Mistérios da vida

Por entre as muitas coisas que não compreendo, nomeadamente nos homens, é a paixão pelo PES. Pronto, é um jogo de futebol e tem piada andar a passar a bola de um jogador para o outro, virtualmente. Mas porquê que todos os anos sai uma nova edição, se a base é exactamente a mesma? Setenta eurinhos ali, todos os anos, para o focinho do Cristiano Ronaldo ser mais parecido com o real ou por ter uma finta nova?

As diferenças são assim tantas para, todos os anos, ouvir nos corredores "já tens o pés dois mil e não sei quantos?", com um entusiasmo fora do normal? Que raio de bactéria viciante tem aquele jogo, que move mundos e fundos no universo masculino?

19
Ago12

Jogos de tabuleiro

Sou louca por jogos de tabuleiro. Apesar de ser uma fanática por computadores e de passar horas aqui, sempre o fiz, em parte, por não ter muita gente com quem brincar. Os meus irmãos, muito mais velhos que eu, acabaram por sair de casa quando eu era nova; a minha mãe nunca teve paciência para brincadeiras; o meu pai era a minha salvação, com quem jogava dominó e o "Quem é quem?" - jogos que não exigissem muito e não fossem excessivamente demorados. Sempre fizeram as minhas delícias e podia passar horas a jogar aquilo, que a diversão era garantida.

À medida que fui crescendo, a minha paixão por este tipo de jogos também aumentou - mas apercebi-me que, com as outras pessoas, tal não se verificava. Sempre adorei jogar monopólio (embora seja sempre demasiado igual), cluedo (adoro), trivial, damas, dominó e todo o tipo de jogos de cartas, mas sempre me faltaram parceiros. Alguns destes jogos, hoje em dia, jogam-se online, mas nunca é a mesma coisa (ainda assim, em tempos entediantes, é ver-me jogar damas com concentração máxima).

São raros os dias em que pego nessas preciosidades mas, quando posso, não deixo escapar a oportunidade. Foi o caso de ontem, quando a piscina não esteve excessivamente populada e esteve calmo o suficiente para estar uma horinha e meia na brincadeira, com primos e tios. E que saudades eu tinha.

 

09
Ago12

Já vou em seis euros de prejuízo

Ao ver aqueles números enormes no sorteio do euromilhões, fiz algo que muito raramente faço: jogar.

Arranjei um parceiro (um péssimo parceiro para estas coisas, diga-se de passagem) e jogámos os dois, a meias. Jogámos seis euros, a semana passada. Estava eu toda esperançosa, quando vejo os números que estão na folha de papel e no ecrã do meu computador. Uma estrela.

Terça-feira, vendo o número aumentar mais, caí no mesmo erro. Três apostas, seis euros, um número. UM! SÓ UM!

Só tenho pena de não ter herdado a sorte da minha mãe ou do meu avô. Quando pergunto a um deles se ganhou algo, a resposta mais provável é "oh, nada... serviu para pagar o que gastei". Ou seja, eles não ganharam: simplesmente não perderam. Isto é quando não ganham quantias consideráveis.

Já eu, para acertar num só número, vejo-me grega. O que me vale é que jogo a meias e o prejuízo é divido. Isto, a continuar assim, na esperança de ficar rica (o que se calhar nem é assim tão bom, mas disso falo noutro post) vou mazé' à falência.

 

Moral da história: quando quiser fazer parcerias, arranjar um parceiro sortudo. Dois azarentos juntos dá azar a duplicar.

21
Jul12

A minha infância em cinco minutos

Era ver-me com uma lagriminha no canto do olho enquanto ouvia isto. Há alguém que não reconheça?

Já no outro diz me diziam que vivo de saudades - que seja! Ouvir isto é melhor do que ver uma fotografia de infância. Não é um momento: são milhões. Não quero pensar nas vezes em que ouvi isto enquanto decorava as minhas casas. Foram anos a fio, a jogar e a ouvir todos os dias a mesma coisa. Era a fã número um: comprava tudo nos dias em que saíam e ficava noitadas a cuidar das minhas famílias. Joguei com primos, amigos e, essencialmente, sozinha. E gostava tanto. Mas tanto.

15
Jul12

O que as insónias fazem

Tive uma insónia terrível, hoje à noite. Deitei-me pouco depois da meia-noite e só por volta das quatro da manhã é que consegui adormecer. Por muitas voltas que desse na cama, o sono não vinha e eu estava a entrar em desespero.

Levantei-me, peguei no game boy (sim, aquele ancestral, ligeiramente transparente e roxo) e pus-me a jogar super Mário (um jogo mais velho que eu, que data de 1989!). Acho que me faltava um nível para acabar o jogo e perdi - fiquei passada. Tinha umas 18 vidas quando cheguei aos últimos níveis, e fui ficando nervosinha, qual criança que joga algo pela primeira vez e fui perdendo-as uma a uma, até que acabei mesmo por morrer.

Verdade seja dita que depois consegui adormecer, mas enquanto não acabar o jogo não descanso. Não pegava nele há uns bons anos e acho que só o acabei uma vez - os sete/oito primeiros níveis são piece of cake, visto que sei todos os truques e mais alguns e a prática ainda se mantém (é tipo andar de bicicleta: nunca se esquece), mas os restantes exigem concentração. Não tivesse eu que estudar e estava aí agarrada ao game boy. Ai estava, estava.

 

16
Fev12

(A falta de) Cultura

Admira-me a ignorância geral da juventude. Espanta-me não saberem o que é uma polaroid ou o significado da palavra "corroboram" ou "cariz". Há toda uma falta de cultura geral que faz com que ter uma conversa com um adolescente - com assuntos para além dos ordinários e (geralmente) medíocres - seja uma missão impossível.

É por isso que eu digo que há poucas coisas em alguém que me atraiam tanto como a cultura geral e a possibilidade de uma boa conversa.

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking