Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

02
Set14

Mimo numa noite quente

Ontem estava uma noite espetacular, daquelas que acontecem uma dúzia de vezes durante o ano. Estava moída da praia, acabei por jantar sozinha aquilo que tinha sobrado do almoço e a preguiça estava a tomar conta de mim. Acabei por, depois disso, ir para a varanda que temos aqui, com grade para que os cães não entrem. Escrevi um pouco, pus-me a par das novidades, e a certa altura chega a pequena Molly. Ao ver-me, começa a chorar. 

Em ocasiões normais ignoraria e ela dava meia volta e voltava para a casota - mas ontem não me apeteceu. Abri-lhe a porta, deitei-a no sofá comigo (ou pelo menos tentei, que quando dá a genica àquela cadela é um problema para a acalmar)  e ela lá acabou por adormecer, estendida no sofá e com a cabeça em cima das minhas pernas. Não a mandei embora porque foi mesmo por aquilo que eu a quis, a razão porque me apaixonei por ela e pelos irmãos quando ainda eram pequenos: queria mimo, queria poder pegar-lhes ao colo se fosse preciso, passear com eles, mete-los num carro para passear, poderem dormir a meu lado quando eu quisesse. E eu amo os meus Serras, mas a portabilidade não é o seu forte (onde, neste mundo, é que a Olívia se poderia deitar naquele sofá? Quando é que a posso ir passear sem que me roube um braço se lhe der na real gana? Enfim, desvantagens de ser grande!), e com a pequenita não tenho esse (grande) problema. Para além disso, tenho dispensado tempo para a ensinar, e ela aprende com uma facilidade inacreditável: já senta, já deita, já dá a pata é já toca nos dedos se os entendermos (mesmo que isso implique ter de saltar ou deitar). Agora já só falta saber andar de trela (o que não está fácil, parece um canguru de cada vez que tento) para se tornar numa cadela de sonho e acompanhar a dona para onde quer que eu vá. 

Estou apaixonada. E, a cada dia que passa, gosto mais dos meus cães. 

 

1 comentário

Comentar post

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking