Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

03
Dez13

Os portuenses

Este post é para todos aqueles que, sem conhecer, falam sobre os portuenses com cinco pedras da mão (e que normalmente são portugueses e não estrangeiros, porque a maioria dos estrangeiros adora o Porto). Eu sei que a imagem que passa para o exterior é só dos adeptos do FCPorto a atirem pedras e petardos para outros adeptos e até para o próprios jogadores, mas a verdade é que nem todos somos assim. Não partimos estações de serviço por diversão ou andamos aí ao murro só porque alguém tem um cachecol vermelho. Isso é o que fazem parecer, não é a realidade.

Hoje, tinha eu estacionado o carro para ir para a faculdade e preparava-me para tirar o bilhete do parquímetro, quando um senhor abre a janela e me pergunta, com um daqueles papéizinhos na mão: "vai demorar? Ainda tem uma hora". Eu agradeci-lhe, mas disse-lhe que sim, que infelizmente ia demorar - fui burra, porque basta-me ter um papelzinho para a minha consciência não ficar pesada, porque no fundo eu demoro sempre mais tempo do que o limite que está no papel. Mas enfim, o que conta é a intenção.

Da mesma forma que vários senhores já me vieram ajudar a estacionar o carro, em dias que eu não estava para ali virada e o carro parecia nunca encaixar. Viam, ajudavam e iam à sua vida. É uma coisa normal por aqui.

Vejo muito turista que parece meio perdido no meio da cidade, a olhar para o mapa como um burro olha para um palácio, e que é ajudado - voluntariamente - por pessoas. Desde os mais novos aos mais velhos - e que giro que é ver aquelas senhoras, com mais idade e sotaque acentuado, a tentar ajudar pessoas que não se conseguem fazer expressar para além do inglês! Eu própria sinto-me invadida por este espírito e já não é a primeira, a segunda ou a terceira vez que ajudo pessoas meias perdidas (e eu não sou pessoa de falar, prontamente, com desconhecidos). 

Tenho pena que os meios de comunicação social só passem este tipo de imagens negativas de quem vive na Invicta: somos os rudes, os mal-educados, os que têm o sotaque "mais feio", os mais brejeiros, os mais arruaceiros, os mais incultos. E isso porque só mostram uma amostra - que existe - mas que não demonstra aquilo que verdadeiramente somos. Porque nós somos muito mais do que isso.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking