Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

27
Nov13

Uma questão de encantamento

A verdade é que não é assim tão difícil deslumbrar-me. Não acontece muitas vezes porque, simplesmente, as qualidades que têm esse poder sobre mim não são fáceis de encontrar. Talvez seja por isso que continuo solteira ao de eterno: não é uma questão de exigência por si só. Quando nos apaixonamos, há um encantamento que vem associado - quando isso não acontece, não há nada a fazer.

Ao contrário da maioria, não é um corpo bem definido ou uma carinha laroca que me deixam a babar. Quer dizer, ajudam, como é óbvio - quem não gosta de ter um namorado que dá gosto olhar todos os dias e que faz com que todas as outras se roam de inveja? Pois claro. Mas isso não é tudo. Aliás, é muito pouco. Há duas coisas que me deixam louca logo à partida: um rapaz que seja rico culturalmente (que goste de cinema, que vá ao teatro, que leia!!) e tenha interesses fora do comum (se souber, por exemplo, coisas sobre físicas e químicas e biologias e introduza isso numa conversa perfeitamente casual é um bom início); saber tocar um instrumento musical - um rapaz que se sente em frente a um piano e que faça sair dali uma melodia qualquer de Beethoven ou de Mozart ou a Comptine d'Un Autre Été do "Amélie" conquista automaticamente metade do meu coração. 

Infelizmente, não são qualidades que se encontrem aí a cada canto. As consequências estão à vista (ó pra mim solteira) - e não me incomodam particularmente, mas não impedem que eu pense no assunto, como outra coisa qualquer. É algo que me intriga, embora devesse ser eu a pessoa que mais percebesse a razão desta minha "síndrome de solteirice" - a verdade é que não sou e por isso é que às vezes me ponho aqui a divagar. Lembro-me de vez em quando e as pessoas fazem também questão de mo lembrar, tendo em conta que não são poucas as pessoas que me vêem e perguntam de rajada "e então, namorado, já tens?"

Ontem, enquanto a voz do Jamie ecoava na minha cabeça, lembrei-me de mais esta razão (a falta de encantamento ou, por outras palavras, rapazes que se aproveitem) e decidi que era mais uma para juntar à lista. Nada como o Jamie para me inspirar.

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Carolina 03.12.2013

    Não sou exímia a tocar piano, mas toco. Andei uns dois anos no piano, por isso sei tocar e percebo alguma coisa. Agora estou destreinada porque deixei de tocar, mas ainda consigo tocar um Fur Elise com facilidade, por exemplo.


    E eu considero-me minimamente rica culturalmente. Para além daquilo que é transmitido pelos meus pais todos os dias (e tenho muita sorte nisso), faço por me cultivar, todos os dias. Leio, vejo filmes, documentários... tudo um pouco. E o facto de ter estado em 2 áreas no secundário fez com que ficasse com conhecimentos - ainda superficiais - em diversas áreas, desde história, passando por biologia e físico-química, por exemplo.


    Penso que isso responde à tua pergunta. Não sei se era feita com o intuito de eu dizer que não tenho nada daquilo que descrevi, para uma futura resposta estilo "não podes pedir aquilo que não tens", mas enfim. Aquilo que disse são pormenores que a mim me encantam, como a outra pessoa pode encantar o facto de ter rastas, tatuagens ou saber a teoria da relatividade - não quer dizer que, um dia que tenha um namorado, ele terá de ter estas qualidades. Mas a probabilidade de eu gostar de uma pessoa com estas características é maior.
  • Imagem de perfil

    Fénix Girl 03.12.2013

    Cara Carolina,
    Não esperava qualquer tipo de resposta pré-formatada. Não é esse o intuito nem há à partida qualquer tipo de expectativa neste campo.

    A minha única intenção era fazer-te reflectir. Apenas isso e apenas porque a probabilidade de encontrarmos alguém parecido connosco nessas área transversais da vida é maior. Daí a pergunta, para perceber se te encaixas no mesmo perfil.
    Assim sendo, e como o comprovaste, acredito também que seja mais fácil conheceres homens/futuros namorados semelhantes, uma vez que os círculos onde se movem serão parecidos.
    Por último, reparo que me parece haver aí alguma agressividade latente na forma como a resposta foi construída. Se for impressão minha apenas, tanto melhor. Se não, talvez seja importante reflectir de onde veio a raiva/ira e porque apareceu face a uma única pergunta.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Pesquisar

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Redes Sociais

    Deixem like no facebook:


    E sigam o instagram em @carolinagongui

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Leituras

    A ler:



    goodreads.com


    2019 Reading Challenge

    2019 Reading Challenge
    Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
    hide

    Arquivo

      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D

    Ranking