Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

28
Set13

3 dias na "capital da Europa"

Bruxelas, apesar de ser uma cidade grande, não tem assim tanto que ver - principalmente se forem pessoas como eu que dispensam passar dias metidas em museus sabe-se lá do quê, coisa em que eles são peritos: é o museu da cerveja, deste e daquele, da arte urbana, da arte sabe-se lá do quê.

Eles têm duas imagens de marca: os chocolates e a fonte do menino a fazer xixi (algo que não passa de uma estátua com trinta centímetros e sem nada de bonito em particular, mas enfim). A cidade interessou-me mais pelo seu lado político, pela importância que tem, pelas pessoas que a frequentam; não seria um sítio onde gostasse particularmente de viver, principalmente por causa do tempo (que normalmente é frio e chuvoso - nós tivemos imensa sorte, porque apanhamos sol), mas se se quiser ter um cargo importante e bem remunerado, é lá o sítio certo.

O centro da cidade tem uma dúzia de edíficios muito trabalhados e bonitos que merecem ser vistos (Grand-Place de Bruxelas), assim como umas galerias líndissimas, com lojas para lá de caras mas muito fofinhas e deliciosas (Les Galeries Saint Hubert). Foi lá que passei o meu primeiro dia, seguido de um jantar de moules (a especialidade da maioria dos restaurantes de lá - mexilhões) que foi uma porcaria (se eles comessem moules feitas pela minha mãe iam ao céu e voltavam, ficavam a saber o que é bom). A manhã do segundo dia foi o melhor da viagem: fomos a um sítio que não está muito nos roteiros de turismo, uma espécie de feira da vandoma mas que se realiza todos os dias (Place du Jeu de Balle). Havia de tudo: móveis, roupa, bijuteria, calçado, malas, talheres, todo o tipo de pratas, espelhos, quadros, tapetes, peças de decoração feitos em todo o tipo de materiais... enfim, maravilhoso. Eu trouxe uma série de garfos para pôr em prática umas ideias que já tinha em mente há algum tempo e uns postais antigos, mas ainda trouxemos também uma máscara venesiana, um saleiro em prata, umas colheres, um pousa-garrafas e um leque. Tralhas giras, basicamente. Almoçamos na praça principal (deixem-me frisar que paguei quatro euros por uma coca-cola: é uma cidade cara) e depois fomos comprar uns chocolates para oferecer, mais os souvernirs do costume. Mais tarde fomos a uma rua espécie Santa Catarina mas em ponto gigante, com imensas lojas acessíveis - comprei três peças de roupa, ou porque eram quentes (sim, lá faz frio, e eles têm consciência que precisam de malhas e roupa que aqueça, não é como aqui que temos todos a mania que no inverno se pode usar t-shirts) ou porque estavam com super saldos - não podia exagerar na quantidade de compras que a minha mala era um tanto ao quanto minúscula. 

A última paragem foi mesmo o parlamento europeu, na manhã do dia em que voltamos a Portugal. A parte que se pode visitar não é paga e consiste numa exposição desdes os primórdios da União Europeia - eu gostei muito, apesar da UE me dizer muito pouco. Adorei o facto de ser muito contextualizado e se basear em centenas de fotos. Não há guias, mas sim uns aparelhos electronicos que carregamos connosco e que nos dão todas as informações necessárias sobre aquela foto, aquela maquete ou o que quer que seja. Surpreendeu-me pela positiva e acho que esta experiência ainda me poderá ser útil, tendo em conta que estou na área das letras (já agora, foi muito bom estar ali a olhar para as imagens e para as suas histórias e pensar "ah ah, já sabia disto, benditas sejam aquelas aulas de história!").

Apesar de ter sido uma visita de médico, acho que foi o suficiente para ver o essencial. Muito mais tempo e acabaria por ficar entediada, tendo em conta que não é uma cidade fascinante, com uma vida fora do normal. É giro para ver, ter uma noção global, mas nada do outro mundo. Ficam as fotos.

 

Numa das catedrais principais lá do sítio.

 

Um dos edifícios da praça principal.

 

O menino que faz xixi. Uma pessoa para tirar uma foto quase que é atropelada e trucidada pela multidão. Um perigo. 

 

Uma das muitas montras de chocolate.

 

A comer moules num dos sítios mais típicos de lá, e que eles dizer ser o melhor. Se aquilo é o melhor, não quero imaginar o que será o pior. Um desconsolo.

 

No mercado diário que vos falei (sim, estava frio).

 

No restaurante na Grand-Place, onde se pagava 30 cêntimos para ir ao quarto de banho. Um show.

 

Na viagem de vinda, onde apanhamos bastante turbulência. Já mais para o fim, ficamos entre duas camadas de nuvens, pelo que deu para tirar fotos lindíssimas. Esta já foi tirada numa fase mais escura, porque antes disso estava tão derreada com a paisagem que nem me lembrei de pegar na máquina. Esta é uma das coisas que adoro ver quando estou no avião. 

 

A minha foto favorita de toda a viagem, que ontem aqui postei. Se há cliques certeiros, este foi um deles. Por detrás de mim está o palácio real.

6 comentários

Comentar post

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking