Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

13
Set13

Propriedade

Nós, seres humanos, necessitamos de ter algo em nossa posse. Somos feitos para ter. Se não fosse isso, Marx podia ser considerado um génio e o comunismo até poderia funcionar. Mas não. Nós queremos que aquela casa, aqueles sapatos caros e aquele relógio nos pertença. Pagamos por ele e dão-nos um papelzinho que, embora lá não diga, simboliza "este bem pertence ao fulaninho x". É isso que gostamos, embora o possamos negar com toda a veemência. 

Como não podemos comprar as pessoas, criou-se o casamento, em que elas ficam um bocadinho mais agarradas a nós do que antes. Mas, mesmo assim, não nos pertencem. Não temos um papel que significa que aquele sujeito é nosso ou que aquela mulher é nossa "mercadoria", mas a verdade é que o sentimos. O sentimento de posse está lá. A partir do momento em que gostamos um bocadinho mais de alguém, é como se a outra pessoa já fizesse parte de nós, tal e qual os sapatos que nós adoramos e que parecem uma extensão dos nossos próprios pés.

Mas tal como os sapatos se gastam, o relógio se perde e a casa de desfaz, em algum momento, muito provavelmente, as pessoas vão deixar de ser "nossas". Não há nenhum contrato ou factura que nos salve; há um tempo para tudo. E nós podemos continuar a pensar que somos donos dos sapatos que já estão no lixo, no relógio caríssimo que já está no pulso de outrem ou na casa que já está demolida, mas a verdade é que já não os temos. E as pessoas também partem para outra. Bem dizia o João Pedro Pais que "ninguém é de ninguém, mesmo quando se ama alguém"...

1 comentário

Comentar post

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking