Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

01
Abr16

2016, o ano dos médicos

Hoje acordei às 7 e pouco da manhã e o mundo rodava - rodava muito. Mesmo tendo os olhos fechados, os meus olhos pareciam não querer parar de girar - e se me atrevesse a abri-los, tinha a sensação de - pela primeira vez na vida - ter uma visão a 360º sem sequer mexer a cabeça. Um autêntico inferno, que melhorou uma hora depois, embora ainda não me conseguisse pôr de pé; daí até à hora de almoço, só me levantei uma vez para ir à casa de banho e a "zonzisse" foi tanta que achei que ia vomitar mal consegui voltar à cama.

A verdade é que ando com uma crise de vesícula há coisa de duas semanas: uns dias melhor, outros pior. Ando a cortar com tudo, acabei com os doces, os chocolates e todas as asneiras e tenho voltado à vida saudável que tanto queria, embora à força. Isto já não é uma coisa nova para mim, que já há vários anos que sofro de fígado e da vesícula ao mínimo deslize que tenha (é de família, todos temos problemas neste "setor"), mas é sempre chato - e a crise de hoje, com tonturas (algo raro: normalmente só tenho enjoos, dores de cabeça e muito cansaço), foi má o suficiente para não me levantar durante a manhã inteira e de ter de faltar ao estágio*.

E como duas semanas já começa a ser muito tempo para uma crise do género... 'bora para o médico. O pior é que já ontem tinha ido para o dentista graças a um dente que parti com uma amêndoa de Páscoa. E nem vale a pena falar da quantidade de vezes que fui para o hospital em Janeiro, à custa da operação. (E, se quisermos ir mais atrás, em Novembro, na altura da lancetação). Espero que esta brincadeirinha acabe aqui, porque ainda estamos no início de Abril e já dá para perceber que 2016 vai ser o ano dos médicos. Já chega, tá, querida vida? 

Porque eu sei que tinha dito que queria parar de comer porcarias da Páscoa - e tu, muito atenciosa, como me ouviste, partiste-me um dente. Eu sei que também me ouviste queixar de que estava uma baleia e tu, fofinha, deste-me uma crise de vesícula tão valente que eu nem fome tenho e fico-me por uma dieta restrita. E por fim, como sabes que deste pequenita que tenho fobia de médicos, vai de fazer um tratamento de choque e pôr-me a visitar médicos a torto e a direito, até que isto passe. MAS ESTÁ NA ALTURA DE PARAR, OK? 

Agradecida.

 

*sabes que estás a gostar mesmo do estágio quando ficas triste por estares doente e não poderes ir

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking