Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

08
Mai13

Babete para aqui, por favor

Depois de fazer os trabalhos de casa, diz-me o meu sobrinho mais velho, tirando da mochila um caderno de fichas de matemática que os pais lhe ofereceram:

- Vou fazer uma ficha. Eu sou mau a matemática mas vou ser bom.

 

Opá, os putos podem ser chatos, irritantes, birrentos, teimosos e tudo mais. Mas rebentei de orgulho quando vi que, mesmo depois de fazer os trabalhos de casa e por vontade própria, ele se dispôs a treinar algo que sabe que não é o seu forte. Sou uma tia babada. Nota-se muito?

08
Mai13

MET Gala: winners!

Era certinho que a Lawrence ia em Dior (também podia variar...) e apesar de se manter dentro do estilo que tem apresentado, gostei. Super clássica e ao estilo black widow. Uhhhh.

 

 

A Kate Beckinsale entrou tão no tema! Acho que transpirava irreverência, tanto com o vestido (lindo, com o seu toque classy e diferente) como com aqueles brincos que dão um toque fenomenal. Em Alberta Ferretti.

 

A Rooney Mara é naturalmente punk. Ponto. Não precisa de fazer nada. Mas estava fenomenal, em Givenchy (como de costume). Ela é muito branquinha e com aquele cabelo e lábio muito escuros fica com um ar avampirado que lhe fica muito bem. Era a pessoa perfeita para este tema.

 

Eu não sei quem é esta senhora, mas vejo sempre os vestidos dela e são, normalmente, de fazer cair o queixo de tão lindos! Não, não estava bem dentro do tema da festa, mas tudo nela está para cima de espectacular. Adorei tudinho e roubava aquele vestido para mim num abrir r piscar de olhos. Lindoooo. Ela chama-se Zhang Ziyi e estava num Jason Wu.

07
Mai13

MET Gala: os assim-assim / se-calhar-até-gosto / mais-ou-menos

Eu gosto da Marillon, mas estou cansada do seu eterno Dior, dos assimétricos e dos insossos. Está na altura de inovar.

 

A minha eterna girl crush falhou no penteado, mas adoro a roupa e a atitude: super punk. Eu sou louca por macacões, por isso caiu-me logo no goto. Pena o resto. De Stella McCartney.

 

Não gosto de penas, é só isso. Porque de resto acho-a elegantérrima. Em Gucci.

 

Percebi a intenção da Ashley com este Marchesa, mas foi um flop. Fá-la parecer gorda, embora o vestido seja bonito.

 

As criações de Zac Posen são sempre estranhas, mas até gosto. Pena a cor. A do modelo enquadrava-se bem melhor no tema e não era cor de caca de pássaro. Just say'in. Ah, e é a Uma Thurman.

 

Fiquei um tanto ao quanto pasmada quando vi a eterna Hermione neste vestido. Muito pouco o estilo dela, mas não desgosto. De Prabal Gurung.

 

Fotos daqui.

07
Mai13

MET Gala: os horrores

Ontem foi a MET Gala, que eu costumo apelidar carinhosamente de gala dos horrores. De uma forma sucinta, é aquele desfile de estrelas em que eles decidem trazer a pior peça que têm no roupeiro de um designer prestigiado e mostra-la ao mundo - por outro lado, é uma forma simpática de dizer às pessoas do mundo normal que também podem ter um mau gosto tremendo.

Verdade seja dita que já houve galas muito, muito piores onde só havia um ou dois vestidinhos que se aproveitassem. Estamos a melhorar - quando soube que o tema da festa era "punk", morri de medo do que apareceria por lá, mas os meus medos acabaram por nem se justificar. Mas comecemos pelos clássicos horrores, que é o que tem mais piada:

 

Não gostar da Kim Kardashian faz parte de mim - nunca percebi sequer como é que alguém a acha boazona. Uma boazona, na minha opinião, tem alguma proporção, o que não acontece de todo nela (raboooooooooooooo). Agora grávida, foi de mal a pior. E como os estampados fazem uma pessoa mais magra, (not) ela decidiu vestir-se de roseira da cabeça aos pés, quase que literalmente (incluiu pescoço, mãos e tudo e tudo). Perfeitamente medonho. Em Givenchy.

 

Avó, és tu? Em Topshop. (Nicole Richie)

 

Três coisas a dizer: a Madonna PASSOU-SE! Não tem a mínima noção do ridículo e da idade que tem. E aqueles sapatos, meu deuuuuus? Em Givenchy.

 

A Beyoncé, linda e boazona (esta sim), consegue sempre ir tremendamente mal vestida para aqui. É o ritual. Outra em Givenchy (isto está mau para aqueles lados).

 

 Odeio aquele cabelo louro e o vestido Valentino... big no for me.

 

O vestido nem é feio, mas é coisa a mais... e aquele chapéu. É caso para dizer: WTF? De Giles.

 

Adoro Giambattista Valli, não posso com a Biel e acho o modelo feio. É tudo.

 

Gosto imenso da Kerr, mas ser magra magra magra nem sempre é bom. Não sei bem o que me parece o vestido, sei apenas que não gosto mesmo nada. Está tudo ali demasiado recto e liso, pronto.

 

Adoro a Nina, adoro o designer. Só não percebo porquê que isto não é um macacão líndissimo mas sim um vestido wannabe. Estragou tudo. Em Monique Lhuillier.

 

Fotos daqui.

06
Mai13

Vive uma ditadura dentro de mim

Com um aparelho repressivo em termos e uma censura ainda melhor. A minha polícia, em vez de presos, recolhe sentimentos quase que aleatoriamente e ao mínimo desvio que estes façam do padrão habitual: algum demasiado extremo, vai dentro; outro com demasiada carga emocional, vai dentro; aqueloutro sem importância para o resto do mundo, vai dentro. E se os presos vão para as prisões, os meus sentimentos desviantes vão para algum sítio equivalente, que por ser tão longe e bem escondida nem sei bem onde fica - é uma caixa-forte, uma gaveta fechada, com todo o tipo de coisas boas e más lá dentro.

A ditadora sou eu, pois claro. Muitas vezes faço a coisa tão bem que nem dou conta das consequências que a repressão interior tem para a minha vida, qual bom ditador que, ao longo dos anos, começa a perder as estribeiras e o bom senso sobre aquilo que é certo ou errado. Sou cem por cento dona de mim e isso faz com que queira tomar conta de cada parte do meu corpo da forma que quero, o que nem sempre é bom, mas é o que é.

Mas como os ditadores e os revolucionários andam sempre de braço dado (só de uma forma fictícia, pois claro), há quem queira liberdade. A boca liberdade de expressão, o coração o poder de voto e escolha, os sentimentos a oportunidade de andarem à solta sem medo que alguém os meta numa gaveta fechada. Enfim, resta-me dizer-lhes para estarem calados e quietos, pois assim é que estão bem. Até porque eu não gosto cá de revoluções.

06
Mai13

A nerd cá do sítio

Ontem, por brincadeira, puseram no facebook uma imagem onde me identificaram como a nerd da turma. Eu achei imensa piada e até concordei, acabando por partilhar a piada com a minha família. Ao que me perguntam a definição de nerd - é daquelas coisas que a malta nova sabe quase que intuitivamente mas dizer o que é, de forma objectiva e pormenorizada, não é fácil. Decidi googlar e eis a definição que me apareceu:

 

"É um termo que descreve, de forma estereotipada, muitas vezes com conotação depreciativa, uma pessoa que exerce intensas actividades intelectuais, que são consideradas inadequadas para a sua idade, em detrimento de outras atividades mais populares. Por essa razão, um nerd muitas vezes não participa de atividades físicas e é considerado um solitário pelas pessoas. Pode descrever uma pessoa que tenha dificuldades de integração social e seja atrapalhada, mas que nutre grande fascínio por conhecimento ou tecnologia."

 

Noutros sítios aparecia também que era uma pessoa não atractiva, mas essa parte apeteceu-me ignorar. Sendo isso verdade ou não - e tendo em conta que depende dos gostos de cada um -, a definição de nerd cabe-me como uma luva! Sempre brinquei com o assunto, mas nunca pensei que dizer "nerd" era quase o mesmo que dizer "Carolina". As coisas que uma pessoa descobre... sou a personificação de um nerd e não sabia.

05
Mai13

Mãe

Nunca mais me esquece um poema que me ensinaram na creche. Era assim:

 

Com três letrinhas apenas se escreve a palavra mãe

A palavra mais pequena

A maior que o mundo tem.

 

Acho que não há muito mais a dizer. Por muito que andemos, que digamos ou que façamos, mãe é mãe, e amor como aquele não há igual. Tal como a vossa, a minha mãe também é a melhor do mundo. Todas com as suas panóplias de defeitos, mas também com as suas enumeras qualidades e um coração gigante sempre para nós. Feliz dia para todas as mães!

05
Mai13

Ontem foi dia D

De Deolinda. Foi lindo. Acho que estou a desenvolver, gradualmente, uma crush pela Ana Bacalhau - tem uma energia fantástica, uma voz divinal, uma boa energia palpável.

O coliseu estava cheio para os receber e que bom que foi! Se não estou em erro, eles entraram e saíram do placo, no final, cinco vezes - não é para todos. Os músicos costumam dizer que o pessoal do Porto é super caloroso e isso prova-se a cada concerto que vou - tive pena que não houvesse um pouco mais de interação com o público, mas a adesão foi sempre boa, quando nos foi proporcionado.

Ouvi muita gente a dizer que tinha pena que não houvesse mais espaço, pois muitas das músicas mereciam um bom movimento de ancas - principalmente na recta final, onde estava muito mais gente de pé do que sentada. De qualquer das formas, o espectáculo foi uma oscilação de momentos de boa disposição e mais seriedade, com um jogo de luzes lindo. Cantaram algumas músicas antigas e, com muita pena minha, não tocaram a "Que Parva Que Sou". Não se pode ter tudo. Mas adorei, adorei, adorei.

 

 

 

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking