Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre Parêntesis

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

02
Jan12

Os homens também escrevem

Acabei de descobrir que um dos meus blogs de eleição é escrito por homem.

Pequenas notas, tomadas todos os dias. Coisas pequenas, fáceis de ler, mas com tanto, tanto significado - algo que um dia desejo conseguir fazer. Só havia visto as suas pequenas notas por aí, e apaixonava-me sempre por elas. E hoje, passados dias e dias a ler os seus pequenos textos, abri o blog. E qual não é o meu espanto quando vejo a foto de um rapaz e o nome "Brett" por baixo.

Uma coisa vos digo: aquele rapaz, com uma sensibilidade daquelas, deve ter resmas atrás dele. Pena - pelos vistos - só gostar de uma.

 

(aqui)

02
Jan12

Difícil de acreditar

Tenho uma estranha dificuldade em perceber que as pessoas gostam de mim (e refiro-me a darem-me valor, preocuparem-se comigo, etc., e não no sentido amoroso).
Ligo muito às palavras - mesmo que por vezes signifiquem pouco ou nada - mas há algumas que, por muito que mas digam, não são processadas da devida forma. E sei que o problema reside em mim - falta de auto-estima ou falta de credibilidade em mim mesma, não sei - mas há vezes em que as palavras não bastam, pura e simplesmente, porque eu não consigo acreditar que correspondam à verdade.
Acho que também nunca tive muitas pessoas que, quando me conhecem verdadeiramente, gostem mesmo de mim (família excluída, porque esses não têm grande escolha). E talvez daí o meu medo de me mostrar - o facto de saber que o que está por detrás não é assim tão bom e poderá afastar quem quer que seja. E quando não afasta, eu pasmo e não acredito. Até ao dia em que me façam acreditar.

02
Jan12

Ponto de rotura

Aprendemos que tudo tem um ponto de rotura.

As placas tectónicas divergem, convergem. Esforçam, esforçam, esforçam e pum. Sismo. Reajuste. Réplicas.

O elástico estica. Estica, estica, estica. Traz. Arrebenta.

A régua nas nossas mãos dobra. E dobra mais e mais e mais. Track. Partiu. Quebrou.

 

Se tudo é assim, porquê que nós também não somos? O nosso coração esforça-se, esforça-se, esforça-se. Magoa-se, magoa-se, magoa-se. Quebra-se, quebra-se, quebra-se. E onde está o barulhinho característico de uma ruptura? (o bater acelerado do coração, sentido na garganta, no estômago, nos olhos?) Onde estão os restos e os estragos? (as lágrimas salgadas?)

Provavelmente andamos aí todos despedaçados e ninguém dá por nada. Porque ao contrário das placas tectónicas - essas exibicionistas - só nós sentimos quando algo se parte dentro de nós.

01
Jan12

A primeira página do livro está assim escrita

Num livro com 365 páginas, que começou hoje a ser escrito, as letras estão esborratadas. Do outro lado da janela, uma rapariga a molhar a página inicial com lágrimas provenientes de todos os recantos da sua alma.

As letras já não se vêem. O "Era uma vez" foi-se, o "num dia frio de inverno" apagou-se e o "uma jovem bonita" fugiu da página, rumo a sabe-se lá onde. A primeira página do livro, aquela que atrai o leitor, está assim, para sempre, destruída.

Um livro promissor?

01
Jan12

Tenho saudades...

daqueles tempos em que julgava que ninguém me lia. Que escrevia tudo o que queria e era totalmente sincera comigo mesma. Que não me importava com o que os outros pensavam, que dizia tudo o que me ia na alma, que não queria saber se magoava alguém - pura e simplesmente porque sabia que todos os que me são próximos desconheciam este canto.

Mas, enfim, as coisas crescem - e nós crescemos. E é este o preço a pagar se quero mostrar aquilo que valho no campo da escrita e se pretendo ter feedback (e sim, pretendo, e gosto muito). Porque a vida é feita disto.

01
Jan12

Herman

Aqui há uns dias vi um programa sobre e com o Herman José, que se passava na sua própria casa e onde ele nos mostrava fotos, roupas e contava várias histórias da sua vida através dos vários objectos que ia mostrando.
Devo confessar que nunca fora fã do senhor - o seu trabalho também nunca me atraiu porque não sou adepta da piada fácil e ridícula, ou da caracterização exagerada de personagens. Mas  fiquei agradávelmente impressionada. Gostei da forma que ele tem de ver a vida, das peripécias que contou e da forma como ultrapassou adversidades. Percebi o que estava por detrás de uma fase horrível e que, na minha opinião, denegriu ainda mais a sua imagem, que foi a fase dos cabelos loiros e das roupas horríveis e shinny.
Passei a gostar dele como pessoa - apesar de que o seu trabalho, por mim, nunca deverá ser realmente apreciado.

01
Jan12

O que espero para 2012

Depois de uma das piores passagens de ano de sempre - senão a pior - confesso-vos que sou muito pouco superticiosa. Não há cá nota no sapato, nem cuecas novas ou passas (vão uvas, e já estão com sorte).

Nos minutos após a mudança do grande número e depois de todos os beijinhos e tchim-tshins, faço uma revisão mental daquilo que quero para o novo ano. No ano seguinte, raramente me lembro daquilo que pedi - no entanto, tenho a certezinha absoluta que um dos meus desejos de 2011 se realizou (não vou dizer qual foi, ahah).

Este ano pedi, acima de tudo e para além daquelas coisas básicas - tipo saúde -, estabilidade. Objectivos. Porque sei que, muito provavelmente, a felicidade virá de atrelado. Depois pedi boas notas, um novo espírito em relação à matemática, idas a Lisboa e... mais nada. Ficaria feliz com isso.

 

Espero sinceramente que a vossa passagem de ano tenha sido de arromba e melhor que a minha e que estejam a ler este texto ainda com ligeiras dores de cabeça devido à ressaca após uma noite inesquecível, que é apenas o ínicio e uma amostra deste novo ano. 

 

384421_324850707535027_285819578104807_1216878_1935984219_n_large

Pág. 13/13

Pesquisar

Mais sobre mim

foto do autor

Redes Sociais

Deixem like no facebook:


E sigam o instagram em @carolinagongui

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Carolina has read 1 book toward her goal of 12 books.
hide

Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Ranking