Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[Entre Parêntesis]

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

23
Mar13

A política das mensagens à noite

Carolina

Desde miúda que a minha mãe me ensinou que não se deve ligar para as pessoas depois das 22h, e isso ficou bem interiorizado em mim. Sempre que ligam cá para casa depois disso, das duas, uma: ou é um louco mal-educado ou uma emergência. O mesmo se passa com o meu telemóvel: se receber uma chamada tardia, o meu coração dispara de preocupação. Mas tudo muda em relação às mensagens.

O meu telemóvel recebe e envia mensagens durante as 24 horas que o dia tem, de forma completamente despreocupada. Desde há 4 anos atrás - altura em que me a minha vida social se agitou um pouco, felizmente!, - que recebo mensagens às 2,3,4,5 da manhã, e não me importo minimamente. Muitas das vezes até respondo, graças aos meus sonos estranhos. Como durmo por secções e tenho muitas fases em que acordo durante a noite, respondo às mensagens que me mandam (também a horas "indecentes") na altura em que calhar - e não é por mal, não é com a intenção de acordar ninguém. Mas se me mandam mensagens em horários estranhos, suponho que não se importem de também as receber no mesmo regime, ficando o meu cérebro a "pensar" que há pessoas com os sonos tão trocados como eu. Porque, no fundo, há sempre a esperança de existirem outras aves raras com os mesmos problemas que nós.

 

P.S.: Essas aves "raras" existem, portanto não são assim tão raras. Eu cá conheço algumas, o que me faz sentir muitooooo melhor!

24
Dez11

Bom Natal!

Carolina

Por muito que concorde que esta é uma época de cliché e, provavelmente, sobrevalorização e bláblábá, preciso de vos dizer umas coisinhas:

Desejo a todos os meus seguidores (aos calados, aos escondidos, aos comentadores, aos vivaços, aos críticos e a todos os outros) um Natal fantástico, junto daqueles que mais gostam (sim, porque como diz o outro, porque não passar o Natal com os amigos quando são eles as pessoas de quem mais gostamos?), que tenham uma mesa super recheada de doces, bacalhau (blhac), cabrito, peru e coisas que tais.

Espero que não vos falte nada. Espero que debaixo do pinheiro estejam as coisas que desejam. Eu deixo-vos um grande obrigado por me lerem todos os dias (ou perto disso), porque - e acreditem - é muito importante para mim. Se eu pudesse, a todos vocês, dava uma caixinha de felicidade. Como não posso, resta-me esperar que vocês próprios a construam (eu estou no meu caminho, mas está demorado)!

 

De quem gosta de vocês, mesmo não sabendo quem são,

Carolina

 

(tinha de ser. O Natal faz-me sempreee lembrar do HP)

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Também estou aqui!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2017 Reading Challenge

Carolina has read 0 books toward her goal of 15 books.
hide

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Ranking