Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[Entre Parêntesis]

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

15
Set13

Alemão num mês e meio

Carolina

Vou a Berlim no início de Novembro. Nunca foi uma viagem que ansiasse, mas também não vou perder a oportunidade de conhecer a capital mais importante da Europa só porque nunca esteve no topo dos meus interesses. A Alemanha atrai-me principalmente por ser um país rico em história (já aqui disse que sou uma apaixonada pelas duas guerras mundiais) e espero poder desenvolver este seu lado nos poucos dias que lá vou estar.

A questão é que há uma barreira enorme: a língua. Apesar de supor que a maioria dos alemães falem inglês (ou não, não faço ideia, tendo em conta que tenho uma imagem deles como elitistas natos), acho sempre bom ter uma ideia daquilo que estão a falar (quando fui à Turquia não tinha nenhuma, mas também nunca me passou pela cabeça aprender turco, não me interessa minimamente). Na verdade, sempre quis apostar no alemão, mas nunca surgiu oportunidade - tudo o que sei dizer é auf wiedersehen (e é graças ao José Cid e à Heidi Klum), scheiße, hallo, ich liebe dich e pouco mais. Vou empenhar-me para tentar saber umas palavras que sejam e que me possam dar jeito (desde dizer bom dia, a obrigado, passando por tentar pedir alguma refeição num bar ou restaurante). Não vai ser fácil, que a pronuncia do alemão é chata, mas vou tentar. Pode até ser o início da aprendizagem de uma nova língua, o que dá sempre jeito! Esperemos para ver os desenvolvimentos.

10
Mar12

Ultrapassar as barreiras linguísticas (dentro da mesma língua)

Carolina

É sabido que o facto de ter estado muito tempo no TP me trouxe vários conhecimentos, a todos os níveis. Conheci, virtualmente, pessoas de todo o país e também isso me deu a conhecer novas coisas.

Algumas dessas pessoas ficaram (e as que ficaram, esperemos que seja para valer),e apesar de falarmos todos a mesma língua, defrontamo-nos por vezes com algumas barreiras linguísticas. Palavras ou expressões como "vai no batalha", "uma nata", "não dá água para caneco" ou "traga-me um príncipe" precisam de ser traduzidas, por serem uma enorme incógnita às pessoas que residem fora da região Norte do país (mais principalmente fora do Porto).

Decidi então ajudar-vos, e fiz o upload de um vídeo do "Cuidado com a Língua", com o tema "A cidade do Porto", cheio de curiosidades e expressões - muito giras, por sinal.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Também estou aqui!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2017 Reading Challenge

Carolina has read 0 books toward her goal of 15 books.
hide

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Ranking