Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[Entre Parêntesis]

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

06
Abr16

Review da semana 6#

Carolina

A semana passada aproveitei a promoção de 30% da Wook para comprar dois livros. Quando cheguei à parte do pagamento, dei de caras com uma nova opção: o MB Way. Até aqui sempre paguei por MB Net - tanto na Wook como em todos os ouros sites de compras online-, pois sempre achei um serviço fácil e super prático, que nunca me deu problemas; mas já tinha aderido ao MB Way, que desde o início me pareceu mais uma ferramenta útil e prática que poderia dar jeito numa eventualidade e achei que era hora de experimentar.

Pois que foi tão rápido como inserir o meu número de telemóvel na plataforma da Wook, entrar na aplicação do MB Way, dar o "ok" ao pagamento e... estava feito. Ainda mais rápido do que o método que utilizava, sem toda aquela confusão dos números, do CVV e do prazo de validade. Uma autêntica maravilha.

Vou esperar que este serviço invada ainda mais plataformas (embora já esteja em algumas marcas de peso, como a FNAC, Lanidor, Jumbo, H3, Continente Online, Parfois e etc.) para começar a utilizar massivamente. Antes ainda se usava a desculpa de que comprar online era difícil, que era perigoso, que era imprevisível - agora, com a agilização de todos estes serviços, uma pessoal mal tem de sair de casa. Eu cá acho espetacular.

04
Abr16

Fios, fios e mais fios

Carolina

Eu posso não ser a pessoa mais arrumada à face da terra, mas a verdade é que não consigo viver na desarrumação. Ou está mesmo arrumado ou está num meio-termo harmonioso, porque nunca me consegui concentrar em ambientes caóticos - tento, por exemplo, que a minha secretária esteja o mais limpa possível; quando não está, todas as manhãs e todas as noites tento empilhar as coisas de forma a que o ruído visual não seja assim tanto.

Se há algo que, por esta razão, sempre mexeu comigo são os cabos dos computadores. Há tanto, tanto, tanto cabo que é impossível fazer com que, ao nível do chão, aquilo não pareça um ninho de ratos - principalmente quando tinha o computador fixo, uma vez que todos os cabos iam dar praticamente ao mesmo sítio e era uma salgalhada descomunal. Eu bem que os atava, punha fitas, mas eventualmente aquilo ficava sempre um emaranhado terrível.

Agora, com o portátil, o problema é outro: quando os cabos não estão ligados ao computador, ficam a navegar pela secretária, até eventualmente caírem ao chão e ficarem lá estilo serpentes descompostas. Para além de ficar esteticamente feio e de dar uma ideia de desorganização total, o pior é que eles ficam ali à espera de serem calcados (e estragados) por alguém. Como ainda tenho aqui o computador fixo, tinha os dois problemas juntos - e sempre que olhava para a zona de onde saem os cabos dava-me náuseas. Por isso, pelo menos no que diz respeito ao problema do computador portátil, encontrei uma solução.

Mandei vir do ebay umas peças de borracha que se colam à mesa e que seguram os nossos cabos, de forma a que eles não caiam e fiquem sempre à mão de semear, de cada vez que precisamos deles. Custaram-me pouco mais de um euro (um pack de seis) e, para além de funcionarem impecavelmente, dão um aspeto visual muito giro e moderno - isto porque há outras soluções no mercado, inclusive aquelas molas que usamos para segurar os papéis, mas que no meu caso (para além de serem feias) não me agradavam, uma vez que tenho uma mesa de vidro que não quero que esteja sob constante tensão. 

O resultado final foi este (como vêem na foto) e o lado prático da questão também me convenceu. Para pessoas a viver o mesmo drama, aconselho vivamente. Comprar aqui.

 

ficha-2.JPG

ficha-1.JPG

15
Dez13

Stumbleupon

Carolina

Eu posso não ter muitos amigos, mas os que tenho lembram-se de mim (e, para não ser injusta, tenho pessoas - leitores - que também se lembram de mim e eu fico muito grata!). Aqui há tempos uma amiga (obrigada Rita!) disse-me que estava viciada no StumbleUpon e que achava que eu também devia gostar. E gostei!

Não tenho muito tempo para disfrutar dele - e o que tenho é, muitas vezes, nas aulas, quando não há nada mais interessante para fazer -, mas o que tenho visto e feito tem-me bastado para perceber que adoro aquilo! Basicamente, é um site que apresenta outros sites, de acordo com os vossos gostos; numa primeira fase dizem aquilo de que gostam (como livros, desporto, artesanato, tecnologia) e o site faz uma seleção daquilo que vos apresenta. Clicam no botão "stumble" e nunca sabem a surpresa que vos vai aparecer à frente: se gostarem, clicam no botão com o dedo para cima, se não gostarem, clicam no botão com o dedo para baixo - e assim o "motor de busca" já sabe os conteúdos que deve ou não apresentar a cada utilizador. Depois podem organizar os vossos posts favoritos por categorias, guardando-os para mais tarde recordar. 

A mim, conquistou-me. Então a nível de artigos de fotografia e artesanato, tem sido a loucura! Ando deliciada com aquilo. Como tal, e como gosto sempre de partilhar convosco as coisas que me fazem feliz, aqui fica a dica (e o site): stumbleupon

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Também estou aqui!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2017 Reading Challenge

Carolina has read 0 books toward her goal of 15 books.
hide

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

o