Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[Entre Parêntesis]

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

03
Mar16

Diário de uma estagiária 3#

Carolina

Praticamente duas semanas depois de ter começado a trabalhar, ainda estou em modo de "ajuste de horários e rotinas". Embora tenha um horário flexível (e em regime quase "não-obrigatório") e o importante seja deixar o trabalho feito, optei por fazer um horário a tempo a inteiro (ou semelhante, mais ou menos meia hora), também para sentir o que é isto de "trabalhar" e não fazer a coisa por metade. E perceber que até estou a gostar é, para mim, uma satisfação e um alívio enormes.

Nos primeiros dias custou-me muito estar fora do meu "porto de abrigo" (mais conhecido como "casa"), mas tenho-me vindo gradualmente a habituar e a gostar de trabalhar; embora adore o meu "habitat natural" e a companhia constante da minha mãe, também queria obrigar-me a sair de casa, onde a maior parte do tempo passava a dormir ou a gastar - literalmente - tempo na internet, em coisas que não interessam a ninguém. O facto de agora ter menos tempo também faz com que o valorize mais; aprecio mais a companhia dos meus pais, faço um uso muito mais racional do computador (e da internet!), organizo muito melhor a minha vida e, de certa forma, torno-a mais equilibrada. Estar mais tempo no escritório também ajuda à minha integração e socialização com as minhas colegas, que na última semana melhorou a olhos vistos e me deixou muito mais confortável.

A minha única dificuldade neste momento é ultrapassar o cansaço com que chego ao final das tardes. Percebo, hoje, que apesar de sempre ter sido fanática (e quase viciada) em computadores, passava muito tempo fora deles - em grande parte graças às aulas, onde nunca aderi à moda de levar os portáteis e sempre me fiz acompanhar dos clássicos caderno e caneta. O facto de, agora, passar seis ou sete horas seguidas em frente ao computador, cansa-me de uma forma que não esperava. E não tenho conseguido aproveitar o meu tempo livre tão bem como esperava porque, mal me vejo em casa, aterro no sofá - bem que tento ver uma ou outra série, mas o sono ganha sempre.

Ainda estou para me inscrever no ginásio, a descortinar os meus novos momentos de escrita, a encontrar forças para ler antes de me deitar. Ainda há pequenos (grandes) pormenores a serem ajustados nesta minha nova vida, mas sei que é algo que com o tempo, hábito e - acima de tudo! - vontade vai ao lugar. Está tudo no caminho certo.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Também estou aqui!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2017 Reading Challenge

Carolina has read 0 books toward her goal of 15 books.
hide

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Ranking