Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[Entre Parêntesis]

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

24
Abr17

Depilação a laser 5#

Carolina

O verão aproxima-se perigosamente e eu estava a deixar arrastar a situação da depilação a laser há demasiado tempo. Não sabia o que havia de fazer nem para onde havia de ir. Um dia destes fartei-me de tanta procrastinação e marquei para a Clínica do Pêlo, que tem um centro perto de minha casa, e no próprio dia fui lá fazer a consulta gratuita.

E, apesar de ter esperado um bocadinho, gostei muito. Da simpatia, da explicação toda que fizeram sobre o sistema que utilizam (mesmo sabendo que eu já tinha feito) e, acima de tudo, da sinceridade - não há nada que eu valorize mais do que isto quanto me estão a prestar um serviço. A técnica, mesmo sabendo que podia perder ali uma potencial cliente, foi sincera e disse-me que o mais certo era que o pêlo que eu tinha, nas zonas em questão, era provável que nunca mais desaparecesse. E se por um lado é chato ouvirmos que um problema de que nos queremos ver livres não tem solução, por outro é óptimo sabermos ao que vamos e não estarmos a insistir sem resultados ou a criar expectativas infundadas.

O ponto da situação é o seguinte: eu queria fazer perna inteira, virilhas e abdómen - tudo isto é para manutenção, já tinha feito laser em todas as zonas (menos as virilhas, onde sempre fiz luz pulsada, mas que resultou muito bem e só faço manutenção uma a duas vezes por ano e preferi agora fazer a laser, para ser tudo no mesmo sítio). Como disse no último post, os resultados na meia-perna foram muito bons; na parte de cima já não se pode dizer a mesma coisa, assim como na barriga. O problema é que, como também já me tinham dito, ambas estas zonas são "hormonais", pelo é muito mais difícil erradicar o pêlo nestas zonas. O meu pêlo já é muito fino, mas como é escuro e em quantidade, ainda se nota bastante (ou, pelo menos para mim, mais do que eu queria).

No momento da consulta tive que decidir o que ia fazer. Já tinha a informação de que isto pode nunca desaparecer, mas custava-me muito estar a retroceder anos de trabalho (e muito dinheiro e dor) e voltar à gilete e à cera - e a ter de me preocupar constantemente com depilações, de fazer as contas para quando ia de férias e todos esses dramas que a grande maioria das mulheres conhecem. Tinha medo de voltar à estaca zero e, sinceramente, já nem me lembro de viver nesses termos. Por isso decidi fazer na mesma o laser - os efeitos, mesmo que não sejam para sempre, são muito mais duradouros do que qualquer outro método e eu prefiro passar três ou quatro meses sem pensar no assunto e pagar mais do que ter de ir de quinze em quinze dias à depilação, conforme tinha de ir há uns anos atrás.

Para minha surpresa fiz o tratamento logo a seguir à consulta, mal dei o meu OK, e foi super rápido. Não posso falar de resultados, porque foi há poucos dias, mas não é essa a questão central deste post: acho que a sinceridade, aqui, foi o suficiente para me conquistarem (a par dos preços que praticam que, ainda que mais caros que a depilação tradicional, são muito mais amigos da bolsa do que noutros locais). Fiquei fã da Clínica do Pêlo e não tenho dúvidas de que vou voltar (para o bem e para o mal...). 

Obrigada a todas que, nos últimos posts sobre o assunto e por email me deram sugestões e dicas sobre este assunto! Eu prometo continuar a partilhar a experiência.

06
Nov16

Depilação a laser #4

Carolina

Se há coisa que gosto de ler em blogs alheios é sinceridade e coisas verdadeiras. Isto, na idade da pedra, era o que os blogs faziam antes de terem milhões de marcas atrás deles a dizerem-lhes o que dizer, o que escrever, como escrever e quando escrever. Como tudo nesta vida, o dinheiro veio corromper o melhor que este mundo blogosférico tinha, por isso uma pessoa não pode acreditar em metade do que lê por aí, principalmente em blogs de grande circulação, mesmo que os criadores dos mesmos digam que gostam "mesmo muito, muito, muito deste produto". [Eu também gostaria, se me pagassem 500 euros para falar sobre ele]. Isto para dizer que, se eu gosto de ler coisas verdadeira nos outros, também gosto de escrever coisas e experiências reais para os meus leitores. Podem ficar descansadinhos que a mim ninguém me paga para escrever o que quer que seja, por isso cá vai a minha dose de sinceridade do dia. 

Desde há dois anos para cá que tenho vindo a fazer laser alexandrite na Ultimate Laser e tenho até contado como é que as coisas estão a correr em vários posts. Nos primeiros tempos andei muito satisfeita e assim continuei durante bastante tempo, mas sempre com o elevado preço que pagava a moer-me o juízo. Da última vez que fiz uma sessão já fui a arrastar-me um bocadinho por saber que ia ter de desembolsar uma quantia de dinheiro tão grande quando a tecnologia se começa a espalhar por esse país fora a preços muito mais amigos da carteira. Ainda assim, fui, correu bem e segui com a minha vida.

Entretanto, passados dois meses comecei a ter pêlos de novo e já não achei tanta graça à brincadeira - principalmente numa altura em que estava super morena e ainda a fazer exposição solar, pelo que não me convinha fazer nenhuma sessão. E é o seguinte: eu não me importo de pagar muito se o tratamento resultar e for quase único no mercado. Quando não resulta e já está disseminado, por preços muito melhores, começa a chatear-me. Mas podem dizer-me: "mas se calhar não foste vezes suficientes!". Depois de dois anos seguidos, e a espaçar cada vez mais os tratamentos (como era suposto), acho que não era caso para estar como estou. E, como tal, não estou feliz e quero mudar. 

Posto isto, estou à procura de alternativas. Na última vez que escrevi aqui sobre este assunto aconselharam-me a Clínica do Pêlo, que também tem alexandrite e um centro aqui perto de minha casa, por isso estou seriamente tentada a fazer lá. Por outro lado, e já que estou numa de exploração, gostava de "ouvir" algumas opiniões sobre o laser de díodo, que se anda a disseminar por aí (mas de que ouço falar tanto bem como mal). Partilhem tudo e não me escondam nada, por favor =)

13
Jun16

Depilação a laser 3#

Carolina

Já passou mais de ano e meio desde que comecei a fazer o laser alexadrite. Sei que não têm perguntado (até porque se estivesse à espera de perguntas para fazer posts escrevia só muito de vez em quando), mas eu digo na mesma como a experiência está a correr.

De uma forma rápida e prática: muito bem. O único senão é, de facto, o preço. Como já disse em posts anteriores sobre este assunto, estou a fazer isto na Ultimate Laser (que conheci através do blogue da Maçã de Eva) e, a nível de prestação de serviços e de resultados, estou muito contente. Há uns dias fiz, se não estou em erro, a minha quinta ou sexta sessão e a verdade é que já nem sei o que é preocupar-me com pêlos. Passei quase 9 meses sem lá pôr os pés (numa altura em que não era suposto), uma vez que desmarquei uma marcação na altura do Natal e depois, com a operação, a coisa passou-me e só lá fui por estes dias; ainda assim, e tendo alguns pêlos em algumas zonas da perna, as mudanças são brutais - e aqueles que existem, verdade seja dita, são tão finos que mal se dá por eles. Posto isto, estou muito contente.

O único descontentamento é, como disse, o dinheiro que lá deixo ficar - de cada vez que lá vou quase me apetece chorar (e não é de dor). As pessoas com quem falo e que também fazem alexandrite dizem-me quase sempre que pagam muito menos do que eu - e, como é óbvio, eu fico doente (quem é que gosta de pagar mais?). Acabo por fazer perguntas, tentar perceber se é mesmo alexandrite - mas a verdade é que não sou entendida do assunto para ter a certeza de que se trata do mesmo tratamento. E apesar de não gostar daquilo que pago e de me dizerem que há mais barato, toda a gente sabe que o que não falta neste tipo de negócios são trafulhices e gente que não percebe nada do assunto; para além de ser chato passar a vida a mudar de esteticista (eu já mudei vezes demais para o meu gosto, aliás), trocar para um local mais barato não me transmite grande confiança. Não se trata de uma depilação normal e as queimaduras e os danos que podem ser causados na pele não são brincadeira. Ando por isso a recolher experiências para saber onde vou da próxima vez que fizer uma sessão: se onde fui até agora ou se experimento um local novo. 

Ainda assim, como balanço e a nível de resultados, não podia estar mais feliz. Aconselho a toda a gente que tenha possibilidades para tal porque, a longo prazo, compensa muito.

16
Jan15

Depilação a laser 2#

Carolina

A segunda sessão de laser alexadrite já lá vai e eu estou tão, mas tão satisfeita! Já estou a contar o dinheirinho para ir acrescentando mais zonas, porque de facto isto é uma solução caída diretamente do céu. O meu plano é, em 2015, acabar com TODOS os pêlos que me incomodam. É mesmo uma prioridade, mesmo que isso implique não comprar o vestido x ou as botas y para poupar uns (valentes) trocos.

Como já aqui disse, comecei por fazer as pernas para ver qual seria a minha reacção com a dor e os efeitos numa zona onde nunca tinha feito luz pulsada. Da primeira para a segunda sessão passou-se mês e meio e só na parte mais junto ao tornozelo é que se vislumbraram alguns pêlos mais crescidos. De resto, pouco ou nada! Um milagre! Logo eu que, passados quinze dias de fazer a cera, já estava pronta para lá fazer a depilação outra vez.

A terceira sessão já está marcada (onde já acrescentei mais uma zona) e, pelo que sei, há casos em que esta é mesmo a última, por já ser suficiente (só se fazendo depois manutenção de ano a ano, mais ou menos). Tendo em conta os excelentes resultados, acho que o fim do sofrimento nas pernas está aí ao virar da esquina! Yeyyyy!

(mais informações e marcações no facebook da Ultimate Laser)

21
Nov14

Então e como correu a depilação?

Carolina

Muito bem, obrigadinha. Neste momento estou com as pernas estilo leopardo, em versão branca com bolas vermelhas, mas fora isso está tudo em ordem.

Importa dizer que esta foi a primeira vez que saí da minha esteticista, de quem tanto gosto, e por isso foi tudo um bocadinho estranho para mim. Ainda assim a senhora que estava na clínica foi sempre simpática e atenciosa, o que tornou tudo mais simples para mim que faço destas coisas um bicho de sete cabeças.

Quanto ao laser em si... é claramente mais agressivo que a luz pulsada (basta olhar para as minhas pernas "leopardescas"), mas não me custou assim tanto. Não sei se é assim em todas as clínicas mas nesta, aparelhado com a pistola do laser, há um aparelho que sopra constantemente ar frio que acaba por anestesiar e refrescar a pele após os choques. Acho que, sem isso, a dor seria maior, não pelo choque em si mas pelo calor que se espalha depois do disparo. 

O processo foi rápido, cerca de uma hora, sendo que ainda estivemos a falar sobre os meus antecedentes na depilação, problemas de saúde e etc. Começou por me desenharem quadrados na pele, dividindo-me a perna em várias áreas, que iam marcando após darem os choques - que são bastante mais constantes que os da luz pulsada (arrisco-me a dizer que recebia um disparo a cada 2/3 segundos). O facto de ser rápido ajuda muito, porque parece que a dor e o sofrimento passam muito mais depressa. No fim aplicam-nos uma pomada regenerativa, e pronto, já está.

Tenho sessão marcada para daqui a mês e meio e estou ansiosa por saber os resultados! No fim, ao fazer as contas, poupei cerca de 65 euros com a promoção que vos falei, do blog A Maçã de Eva. A quem tem possibilidades e problemas como o meu de penugem a mais, aconselho vivamente! Sintam-se livres de fazerem as perguntas que quiserem, que também eu andei à procura de respostas durante estes anos todos. Ainda assim, fica a promessa de que ao longo destes meses vou falando neste processo (até já estou a pensar nas outras zonas!). Acho que hoje foi o início do fim de uma guerra de já alguns anos.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Também estou aqui!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2017 Reading Challenge

Carolina has read 0 books toward her goal of 15 books.
hide

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Ranking