Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[Entre Parêntesis]

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

14
Dez16

Eu não prefiro Beirão mas adoro boas ideias

Carolina

Eu não sei porquê mas em Portugal as bebidas alcoólicas têm muito bons anúncios e óptimas campanhas, tanto a nível dos meios de comunicação social como fora deles. Uma campanha que me ficou marcada na memória foi a do Casal Garcia, no NOS Alive, o ano passado: andava um grupo de "malucos" com um rádio e uma série de adereços e punham-se em cima das mesas, na zona das refeições, e cantavam "Haja alegria, haja Casal Garcia", enquanto interagiam e se metiam com o pessoal, para alinhar nas danças e cantorias.

A Super Bock também tem cartazes espetaculares e muito personalizados, consoante a cidade ou a altura do ano em que são divulgados - ainda há dias partilhei este no facebook, com uma private joke (pouco private, é claro) para os fãs do Harry Potter. E agora é a Licor Beirão que lança uma super campanha de Natal para todos aqueles que recebem meias da tia-avó no Natal, tal como os 23 natais anteriores, e têm de sorrir só para não partir o coração da senhora mas que ficam na realidade despedaçados à medida que vão abrindo o embrulho. O mote é "neste Natal, preferia Beirão" e consiste em dar a uma instituição os presentes que não gostamos e não vamos usar e troca-los por algo (supostamente) mais apetecível: uma garrafa de Licor Beirão.

Já todos estamos fartos de saber que eu não gosto de álcool - e muito menos de Licor Beirão, aquele toque adocicado dá-me a volta ao estômago - mas sei tirar o chapéu a uma boa campanha. Alia um bom marketing ao espírito natalício e à solidariedade, o que não podia ser uma melhor mix. Se a vossa tia-avó vos der as meias ou o roupão do costume e se, ao contrário de mim, preferirem Beirão... já sabem o que fazer. Eu cá mantenho-me na água mas passo a palavra.

 

13
Nov15

Os anúncios insuportáveis do spotify

Carolina

Como já referi aqui em vários posts, sou uma utilizadora entusiasta do spotify. Acho que é um serviço espetacular e eu adoro todas aquelas playlists pré-preparadas em que é só clicar, segundo o nosso estado de humor ou o tipo de música que nos apetece ouvir. Para música de fundo constante, que é o que preciso, é uma das melhores coisinhas inventadas nos últimos tempos.

Mas - e há sempre um "mas" - aqueles anúncios são absolutamente desesperantes. Primeiro porque são muitos, depois porque são demorados e, acima de tudo!, porque conseguem ser os anúncios mais irritantes de todo o planeta. Eu acho que eles devem conseguir muitos clientes premium devido ao desespero que os consumidores atingem ao ouvir aquilo repetidamente. Eles são quase todos maus - inclusivé o que está a passar agora, do rapaz indeciso, com os "humms" e "masss" - mas houve um que bateu todos os outros aos pontos: o dos gatos a jogarem ping-pong. Ouvir, durante um minuto, gatos a chiarem (aquilo nem era miar) e uma bola de ping-pong a cair, vezes e vezes sem conta, é coisa para levar uma pessoa à loucura.

Mas eu fui forte. Resisti. Ouvi aquilo milhares de vezes mas aguentei-me, firme, sem subscrever ao serviço premium. Acho que depois disto posso ser sujeita a qualquer tipo de publicidade-tortura que vou aguentar-me à grande e à francesa.

 

(Mas, por favor, podem parar com esta política de anúncios insuportáveis????)

19
Jan13

Quem espera sempre alcança

Carolina

Andava à procura de uma música que aqui tinha publicado há mais de um ano quando passo por este post.

Sempre descobri músicas que adoro através de anúncios publicitários e na altura procurei imenso aquela canção que estava no da Audi - a música existia, como disse, mas não na versão do anúncio. Não era a primeira vez que acontecia e lembro-me de existirem casos em que a adesão à música era tal que as entidades em questão acabaram por lançar a versão do anúncio. E, felizmente, esta não fugiu à regra.

Acabei por ir procurar e encontrei. Ano e tal depois, cá está ela:

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Também estou aqui!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2017 Reading Challenge

Carolina has read 0 books toward her goal of 15 books.
hide

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

o