Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

[Entre Parêntesis]

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

08
Dez12

A palavra de 2012

Carolina

Acredito que, para a maioria dos portugueses, a palavra que elegeriam para descrever o ano que está a findar seria "austeridade". Ou crise. Mas para mim não. A palavra deste ano é "mudança".

Eu olho para a minha posição no inicio deste ano e agora e tudo é diferente. Desde as aulas que tenho, às pessoas com quem me dou, passando pelo meu estado de espírito. O que para alguns era uma mudança de curso inútil e mal-pensada, representou para mim uma reviravolta a todos os níveis.

Na verdade, ainda hoje não sei se a minha decisão foi a correcta; se vou seguir jornalismo; se vou cometer uma loucura e enveredar por uma matemática à última do hora e perder um ano; ou então fazer dois cursos, se a vida o permitir. Simplesmente não sei. Mas o facto de ter levado a minha ideia avante depois de tantos meses de sofrimentos, de entraves, de psicólogos e de anti-depressivos... foi a minha vitória - e eu sabia que só por isso valeria a pena. O que eu não sabia é que viria a desfrutar da experiência bem mais do que planeava: sento-me cultivada e que aprendo algo que posso utilizar no meu dia-a-dia; conheci novas pessoas e tive a oportunidade de deixar a ideia negativista que me perseguia desde sempre e dar-lhes a conhecer alguém que não previa, mas que é surpreendentemente agradável.

Para além de mudança, depois daquela primeira metade do ano atribulada, só quero paz e poder disfrutar do meu último ano do secundário. Saborea-lo. Não stressar demasiado, conversar, divertir-me e aprender algo que me sirva de bagagem, além-preconceitos. E, de alguma forma, estou a conseguir faze-lo, enquanto que há um ano atrás estava a desesperar sem saber o que fazer da vida.

Há decisões que custam e que implicam que abdiquemos de objectivos antigos e do orgulho; que larguemos todas as ideias predefinidas que temos. Há decisões que doem. Há decisões boas e más. Há decisões que valem a pena. E há as decisões que nos mudam - e esta foi a minha que, se não mudou a minha vida, mudou, pelo menos, o meu ano.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Também estou aqui!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2017 Reading Challenge

Carolina has read 0 books toward her goal of 15 books.
hide

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

o