Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

[Entre Parêntesis]

Tudo o que não digo em voz alta e mais umas tantas coisas.

15
Nov15

Domingo é dia de passar uns minutos com a agenda

Carolina

Eu sou uma miúda dada a rituais, rotinas e hábitos, não há nada a fazer. E um dos muitos hábitos que tenho é fazer um planeamento da minha semana no domingo anterior a essa semana começar - sento-me, abro a agenda e começo a distribuir os afazeres pelos dias que (acho que) tenho livres. No fundo, distribuo tarefas a mim mesma - e o facto de as ter escritas ajuda-me a cumprir esse plano que traço para mim, porque sei que gosto de chegar ao fim do dia com a agenda cheia de "checks" coloridos, como quem diz "yes, missão cumprida, este dia valeu a pena!".

Faço isto, primeiro, porque gosto de fazer uma boa gestão do tempo - e, não querendo parecer vaidosa, acho que o faço muito bem (excluindo os dias em que estou a morrer de sono e ponho a sesta à frente de todos meus afazeres); segundo porque sou um tanto ao quanto esquecida, principalmente com coisas a médio e longo prazo, por isso preciso de assentar tudo para garantir que nada me passa ao lado; e terceiro - e mais importante - porque preciso de encher a minha vida de coisas para fazer. Preciso de fazer aquilo que critico que é, no fundo, enganar-me a mim própria; o pensamento é este "ui, tenho tanta coisa para fazer que nem posso parar para pensar ou respirar!". Porque parar para pensar é o pior que posso fazer a mim mesma, é o meu auto-flagelo pessoal.  

Conheço-me suficientemente bem para saber que, se paro, deprimo; por outro lado, também sei que chegar completamente estafada a casa, ao fim de um dia em que fiz tudo aquilo a que me tinha proposto, é das melhores sensações que tenho na vida. Não vos sei dizer porquê, mas é. São aqueles segundos singulares de felicidade em que as pernas já doem, os olhos já caem de tão pesados - mas ainda têm força para ler um capítulo do livro que está na mesinha de cabeceira, que é sempre a última tarefa do dia a "cumprir" (embora não a veja como uma tarefa mas sim como um prazer, na maioria dos casos) - e em que todo o corpo relaxa ao cair em cima do sofá ou da cama e percebemos que trabalhamos para caraças mas que, afinal - e por qualquer razão - valeu a pena. 

Normalmente, ao fim do dia, olho para aquilo que me tinha proposto fazer e ponho "checks" naquilo que concretizei e cruzinhas naquilo que não fiz - sendo que essas costumo redistribuir para o resto da semana ou, eventualmente, para a semana seguinte. Tudo isto com canetas de várias cores - azuis-bebé, verde-alface ou cor-de-rosa, para servirem de incentivo e, no fundo, darem vida à minha própria vida. 

E é por isto que a minha agenda está sempre rabiscada, com mil e um afazeres. É lá que também faço o meu planeamento das vezes que vou ao ginásio nessa semana, é lá que escrevo os descontos que tenho de aproveitar no Continente e - algo também muito importante - é lá que aponto, sempre, os temas sobre os quais escrevo aqui no blog. Eu posso andar com a carteira mais minúscula de sempre, mas a agenda está sempre lá dentro, sempre comigo - e sempre pronta para receber as minhas ideias, por mais estranhas que sejam. 

A esta altura do campeonato já ando à procura da agenda de 2016 - para encontrar a de 2015 foi todo um drama e, confesso, comprei-a por ser a melhor dentro de todas opções que descobri, que me pareciam todas más (embora, hoje, perceba que até foi uma boa compra e que a agenda até é gira). Algo que ande todos os dias comigo e que me vá acompanhar durante um ano tem de ter o tamanho certo, tem de ter o espaço correto para eu escrever as coisas - nem a mais nem a menos e, se não é pedir muito, ser gira. Hei-de escrever sobre isso em breve, mal encontre a agenda ideal. Por agora - e já que é domingo -, vou voltar para a minha, que tenho uma semana para planear.

23 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Também estou aqui!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Leituras

A ler:



goodreads.com


2017 Reading Challenge

Carolina has read 0 books toward her goal of 15 books.
hide

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

o